ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  23    CAMPO GRANDE 29º

Em Pauta

Bolsonaro é um mito ou uma fábula? O que é um mito

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 17/09/2021 06:30
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

É importante começar com a definição.
"Mito", na verdade é uma palavra que foi tomada diretamente do grego, "mythos", que significava, simplesmente, "relato", sobretudo "relato tradicional". Essa palavra, entrou nas línguas modernas só no século XIX. E entrou através do latim, onde mito é uma "fábula", uma historieta para educar crianças.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Invencionice ou relato tradicional?

No fim do século XIX, início do século XX, "mito" começou a adquirir significados variados. Para muita gente, mito é uma coisa falsa, inventada. Esse não é o sentido da palavra mito. Desde sua origem, é um "relato", que conta fatos de um passado distante, convertido em fabuloso. É de alguma maneira, prestigioso, de grandes personagens ou de temas que tem uma grande ressonância histórica. A maior característica do mito é seu passado distante, que frente ao "logos", frente a razão, o mito é algo que se pode ser contado só com um longo passar dos séculos. Não há mito moderno.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O mito preferido da direita.

Sem duvida, o mito de devoção das ideologias conservadoras é Ulisse  sem o último "s"). Esse é um nome romano. Odiseu é seu nome grego. É um herói viajante por excelência. É valente, mas se caracteriza, sobretudo por sua astúcia ao enfrentar monstros como o ciclope. Também pode escapar da sedução de mulheres tão sedutoras como Circe ou Calipso, meio magas. Mas ele, apesar da paixão, volta ao lar. Um grande símbolo do mar, da magia, um outro mundo... que tem de voltar ao lar. Família... lar... motes preferenciais dos conservadores.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Prometeu, o primeiro santo dos comunistas.

Prometeu é o primeiro santo no calendário dos comunistas. Prometeu é uma figura curiosa porque não é um homem, é um titã. Um titã antigo, mas que se sacrifica, que se expõe e que comete um delito para salvar os humanos, contra a vontade dos deuses. É uma espécie de ladrão redentor, que sofre pela humanidade. É um filantropo por excelência, um Robin Hood da antiguidade. Um parênteses. A filantropia é uma ideia grega, logo, transformada em caridade pelos cristãos romanos. É curioso, a humanidade forja seu deus para enfrentar os deuses. Prometeu rouba dos deuses o fogo. Nos trás o fogo, e com ele, a cultura. Mas paga um preço muito alto. Os deuses o prendem nas montanhas do Cáucaso e enviam uma águia que come seu fígado constantemente.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário