ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 21º

Momento Saúde Bucal

Dor de cabeça? Talvez sejam seus dentes

Por Marco Polo Siebra (*) | 04/05/2022 13:00

Sabe aquela dor de cabeça que volta e meia insiste em aparecer na sua rotina? Aquela dor que acontece mesmo nos fins de semana, ou em dias que você estava sem nenhum outro sintoma, pode não ser enxaqueca ou alguma doença do tipo, essa dor pode ter origem em problemas bucais e dentários! Nem todo mundo sabe, mas as musculaturas da boca e a passagem de estruturas nervosas da nossa face estão muito próximas na anatomia humana. Isso significa que questões diretamente relacionadas à boca podem causar dores terríveis para você.

Dois exemplos muito comuns: são os de pessoas que sofrem de bruxismo ou que aplicam muita pressão sobre a arcada dentária. A tensão, a ansiedade, a fadiga e o estresse muscular são o combustível perfeito para prejudicar a musculatura e também comprimir os nervos da região, causando dores de cabeça muito marcadas pela intensidade do desconforto.

Outras causas frequentes são as infecções, como gengivite, periodontite, até mesmo as cáries, que também afetam as estruturas nervosas e causam dores de cabeça. Em alguns casos, a situação pode evoluir, chegando a paralisias parciais da face, que exigem fisioterapia ao longo do tempo para reverter a situação.

Por isso, se você começar a sentir dores e não souber identificar a causa, considere agendar um horário com seu dentista e investigar a situação. Isso vai, literalmente, poupar você de várias dores de cabeça. Confira mais dicas no meu Instagram @marcopolosiebra. É só enviar uma mensagem para falar comigo.

(*) Marco Polo Siebra é Odontólogo ha mais de 28 anos, Especialista em: Prótese Dentária; Odontogeriatria; Implantodontia. É Master Coach Pela FEBRACIS (Federação brasileira de Coaching Integral Sistêmico), Ministrante dos Cursos: Pode da Ação; Poder e Alta Performance; Jeito de Viver Família; Educar, Amar e Dar limites; Decifre e Influencie Pessoas; Coach de Carreira; Analista de Perfil Comportamental; Processo de Coaching Individual; Processo de Coaching em Grupo; Cursando uma Pós Graduação em “Neurociência e Performance Humana” na Faculdade FEBRACIS. Hoje tem como principal missão impactar e transformar pessoas de forma que concretizem seus objetivos em todas as áreas da vida. É Tesoureiro voluntário da ABRAz/MS (Associação Brasileira de Alzheimer e Demências Similares - Regional MS) e Diretor da Associação Pestalozzi de Campo Grande/MS.


Nos siga no Google Notícias