ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  20    CAMPO GRANDE 20º

Momento Saúde Bucal

Por que os dentes ficam amarelos?

Por Marco Polo Siebra (*) | 23/05/2024 11:33

O amarelamento dos dentes é uma preocupação estética comum tanto para os pacientes quanto para os profissionais da área. Vários fatores podem contribuir para essa mudança de cor, que pode ser categorizada em causas extrínsecas e intrínsecas.

Causas Extrínsecas

São aquelas relacionadas a fatores externos que afetam a superfície do dente. Que incluem:

Alimentos e bebidas: Café, chá, vinho tinto, e certos alimentos com corantes fortes podem manchar os dentes.

Tabaco: Tanto o fumo quanto o uso de produtos derivados do tabaco podem causar manchas significativas nos dentes.

Higiene bucal inadequada: A falta de uma rotina adequada de escovação, uso de fio dental e raspador de língua, pode permitir a formação de placa bacteriana e tártaro, contribuindo para o amarelamento dos dentes.

Causas Intrínsecas

Estão relacionadas a fatores internos que afetam a estrutura e composição do dente, que incluem:

Envelhecimento: Com o passar do tempo, o esmalte dental se desgasta, tornando-se mais fino e permitindo que a dentina, naturalmente mais amarela, se torne mais visível.

Traumas: Impactos ou lesões nos dentes podem causar alterações de cor, pois o dente pode reagir ao trauma aumentando a produção de dentina.

Medicamentos: Certos medicamentos, como tetraciclina e doxiciclina, podem causar descoloração se tomados durante a formação dos dentes. Tratamentos de quimioterapia e radiação na cabeça e pescoço também podem afetar a cor dos dentes.

Fluorose: A exposição excessiva ao flúor durante a formação dos dentes pode levar ao desenvolvimento de manchas.

Genética: A espessura e a suavidade do esmalte, bem como a cor da dentina, podem variar de pessoa para pessoa, influenciando a cor dos dentes.

Abordagens para Tratamento e Prevenção

Higiene bucal: Manter uma rotina rigorosa de higiene bucal, incluindo escovação, uso de fio dental e raspador de língua, ajuda a prevenir o amarelamento dos dentes.

Limpeza profissional: Visitas regulares ao dentista para limpezas profissionais podem remover manchas extrínsecas e tártaro.

Opções de clareamento: Existem várias opções de clareamento dental, desde métodos caseiros até procedimentos profissionais realizados em consultório.

Facetas ou lentes de contato dentais: Para casos de descoloração intrínseca severa, as lentes de contato dentais ou facetas podem ser uma opção para melhorar a estética.

Se tiver mais alguma dúvida ou precisar de mais informações, estou à disposição para ajudar! Me manda um direct no meu Instagram @marcopolosiebra que terei o maior prazer em te ajudar.

Um forte abraço até o próximo vídeo.

(*) Marco Polo Siebra é odontólogo há mais de 30 anos, Especialista em: Prótese Dentária; Odontogeriatria; Implantodontia. É Master Coach Pela FEBRACIS (Federação brasileira de Coaching Integral Sistêmico), Ministrante dos Cursos: Pode da Ação; Poder e Alta Performance; Jeito de Viver Família; Educar, Amar e Dar limites; Decifre e Influencie Pessoas; Coach de Carreira; Analista de Perfil Comportamental; Processo de Coaching Individual; Processo de Coaching em Grupo; Especialista em “Neurociência e Performance Humana” na Faculdade FEBRACIS; Presidente da Liga de Neurociência da Febracis Pós-graduações; Coordenador de um Grupo de Apoio para familiares e cuidadores de pessoas com Alzheimer. Hoje tem como principal missão e propósito de vida impactar e transformar pessoas de forma que concretizem seus sonhos e objetivos em todas as áreas da vida.

Nos siga no Google Notícias