ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  20    CAMPO GRANDE 32º

Direto das Ruas

Após infestação, CCZ coloca iscas para acabar com ratos em bairro

Órgão diz fazer um trabalho periódico para conter roedores

Por Kamila Alcântara | 16/05/2024 14:09
Tipo de isca usada pelo CCZ para controle de roedores (Foto: divulgação)
Tipo de isca usada pelo CCZ para controle de roedores (Foto: divulgação)

Com o aumento dos casos de ratos nas residências do Tiradentes, em Campo Grande, o CCZ (Coordenadoria de Controle de Zoonoses) abriu solicitação para atendimento nas ruas da região, começando pela Rua Conde de São Joaquim, nesta quinta-feira (16).

Ao Campo Grande News, a Coordenadoria informou que faz periodicamente o trabalho de instalação de iscas para controle de roedores em vias públicas e o atendimento domiciliar, com orientação e desratização. O morador pode acionar o órgão através do número 3313-5000, 3313-5001 ou pelo Whatsapp 2020-1796.

“Para evitar a presença destes animais algumas medidas simples podem contribuir, como a limpeza adequada dos quintais, evitar o  acúmulo de matéria orgânica, lixo doméstico e sobras de alimento”, orienta o CCZ.

É importante ressaltar que a desratização só é feita após avaliar o local e verificar a espécie, se é ratazana, rato de telhado ou camundongo, por exemplo. Isso é necessário porque cada espécie tem um comportamento e modifica o local a ser colocado o raticida.

"Deve ser avaliado os riscos de exposição a crianças e animais domésticos caso seja instalado em locais incorretos. O órgão recomenda sempre que busque um auxílio especializado", termina a Coordenadoria.

Caso - Da Aldeia Urbana Marçal de Souza até a Lagoa Itatiaia, os moradores relatam o aumento da presença de roedores e culpam as novas instalações de esgoto. A loja da Roseley de Macedo fica em frente a um residencial de apartamentos e, por lá, até as tomadas estão sendo roídas.

“Eu só vendia as armadilhas tradicionais, tinha pouca saída. Do começo do ano para cá a procura aumentou cerca de 70%, tive até que investir no estoque e no tipos de ratoeiras. Os vizinhos relatam que eles sobem até pelo encanamento da máquina de lavar roupas e roem tudo, até as tampas das tomadas e canos”, detalha a vendedora.

Direto das ruas - A imagem chegou pelo Direto das Ruas, o canal de interação dos leitores com o Campo Grande News. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão. Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos sejam feitos com o celular na posição horizontal. Receba as principais notícias pelo celular.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.


Nos siga no Google Notícias