A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

29/05/2018 09:55

Leitor denuncia abertura de acesso irregular às margens do Rio Corguinho

Os veículos pesados seriam da Prefeitura do município, que usa a água para amenizar poeira da cidade

Danielle Valentim
A abertura sai da estrada e entra em meio a mata ciliar, que protege o Rio Corguinho. (Foto: Almir Fernandes)A abertura sai da estrada e entra em meio a mata ciliar, que protege o Rio Corguinho. (Foto: Almir Fernandes)

Para quem passa por Corguinho, a 88 km de Campo Grande, com destino ao distrito de Fala Verdade se depara com uma abertura para passagem de caminhões-pipa em meio à mata ciliar, que protege o Rio Corguinho. O acesso teria sido feito pela prefeitura, para que a retirada da água amenize a poeira das ruas da cidade. A ação teria começado em 2017, mas, agora, provoca o assoreamento do manancial.

O contador Almir Fernandes, de 47 anos, é morador de Campo Grande, mas tem casa nos arredores para descanso nos feriados e fins de semana. A indignação, afirma, começou em meados de agosto de 2017, mas agora decidiu divulgar a situação, pois a destruição da reserva está prejudicando o rio.

Indignação do proprietário começou em meados de agosto de 2017, mas desta vez decidiu divulgar a situação. (Foto: Almir Fernandes)Indignação do proprietário começou em meados de agosto de 2017, mas desta vez decidiu divulgar a situação. (Foto: Almir Fernandes)
O acesso foi aberto para passagem de caminhões.(Foto: Almir Fernandes)O acesso foi aberto para passagem de caminhões.(Foto: Almir Fernandes)

“A prefeitura fez um acesso para caminhão para ter acesso ao rio e destruíram a mata ciliar e reserva obrigatória. Geralmente, quando está bem seco eles enchem os caminhões-pipa e usam para jogar na rua e reduzir a poeira. Mas poderia muito bem chegar na ponte e jogar uma mangueira, sem assorear o rio”, disse.

Ao Campo Grande News a prefeita Marcela Ribeiro Lopes (PSDB) afirmou desconhecer a situação e garantiu que vai apurar o que está acontecendo. 

As matas ciliares são florestas, ou outros tipos de cobertura vegetal nativa, que ficam às margens de rios, igarapés, lagos, olhos d'água e represas. O nome “mata ciliar” vem do fato de serem tão importantes para a proteção de rios e lagos. Já as reservas legais são as áreas de propriedade rural particular onde não é permitido o desmatamento, pois mantêm condições de vida para diferentes espécies de plantas e animais nativos. No entanto, as florestas situadas nas reservas legais podem ser manejadas e exploradas com fins econômicos.

Assista o vídeo feito no local:



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions