A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

25/02/2018 16:05

Nome de moradores "some" da lista de votantes para associação de bairro

Cinco chapas concorrem à presidência do Coophavilla 2. Caso pode parar na Justiça

Gabriel Neris e Kleber Clajus
Cinco chapas estão concorrendo à presidência da Associação de Moradores da Coophavilla 2 (Foto: Kleber Clajus)Cinco chapas estão concorrendo à presidência da Associação de Moradores da Coophavilla 2 (Foto: Kleber Clajus)

A eleição para escolher o novo presidente do bairro Coophavilla 2 – região sul de Campo Grande – pode parar na Justiça. Quem se deslocou para a área de eventos da Associação de Moradores neste domingo (25) e não encontrou o nome da lista de eleitores voltou para casa frustrado.

Raimunda Farias, presidente da comissão eleitoral, transferiu os problemas para a atual gestão da Associação de Moradores, que teria entregado o cadastro dos moradores aptos a votar faltando pouco tempo para a votação. Ela diz que foram feitos dois recadastramentos antes da votação e que há a possibilidade do resultado ser judicializado. “Tivemos muitas denúncias e algumas pessoas foram parar na delegacia”, afirmou.

A atual presidente do bairro, Elizabete Carvalho, justificou que em todas as eleições anteriores o cadastro não bateu. “Não sabemos onde é que erram”. Ela afirma que o levantamento com os nomes dos moradores foi feito com 90 dias de antecedência e entregue para revisão das chapas concorrentes no último dia 17. Elizabete diz que se fosse para a eleição ser cancelada, deveria ter sido feita um dia antes da eleição para não desconsiderar os votos dos eleitores e os candidatos.

O eletricista Jonas Pereira, de 41 anos, contou que foi surpreendido ao não ver seu nome, o da mulher e também o da filha na lista de quem poderia participar do pleito. Ele diz que mora há 17 anos na mesma casa. “Estava certo que ia votar, mas meu nome não estava na lista”, lamentou. Ele também diz que teve pouco para analisar as propostas dos candidatos, mas como conhecia um dos candidatos já sabia em que chapa iria votar.

A comerciante Raquel da Silva Tristão, de 65 anos, conta que mora na Coophavilla 2 desde 1979 e nunca deixou de participar das eleições, participando também das atividades oferecidas a comunidade. Ela diz que até passou mal porque não poderia participar do pleito. “Eles conhecem a gente, mas parece que fizeram um 'cambalacho'”, disse.

Jonas Pereira não conseguiu registrar seu voto neste domingo (Foto: Kleber Clajus)Jonas Pereira não conseguiu registrar seu voto neste domingo (Foto: Kleber Clajus)

O professor Wesley Aguiar, de 34 anos, foi à Associação de Moradores com a mulher na esperança de registrar o voto, mas voltou para casa decepcionado com a organização. “É uma sensação ruim, moro há 34 anos na Coophavilla e participei de todas as eleições”.

O grupo que apoiava a atual presidente se dissolveu em mais três chapas. Os representantes de cada chapa se manifestaram a respeito da confusão. O candidato da chapa “Por Amor a Coophavilla”, Ed Monteiro, disse que o “cadastro foi mal feito, não tem credibilidade, transparência e lisura. Com certeza, dependendo do resultado, vamos recorrer à Justiça”, afirmou.

Candidato da chapa “Voz Ativa”, Ivanildo Soares disse que o melhor é continuar com o processo eleitoral. “O povo fica tumultuando, está tudo certo”, disse. Natal Ferreira Tenório, candidato da “Renovação”, praticamente descartou continuar na disputa. “Não quero mais, o vencedor para mim é quem vai tomar conta da instituição”.

Simone Passos, representante da chapa “Consciente”, pede que a eleição seja impugnada. “Os moradores estão revoltados, está parecendo uma lambança”, reclama. Candidata da chapa “Coophavila 2 para Todos”, Vanda de Paula, aguarda a decisão da comissão eleitoral para ver se haverá judicialização do caso.

Direto das Ruas – Esta sugestão de reportagem foi encaminhada ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, nosso canal de interação do leitor com a redação.

Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions