ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  21    CAMPO GRANDE 26º

Economia

8 ideias de negócios de baixo custo

Amanda Gonzaga | 03/05/2021 14:16
(foto: pixabay)
(foto: pixabay)

Abrir o seu próprio negócio é a grande meta da maioria dos brasileiros. Com a pandemia, muitas pessoas ficaram desempregadas e tiveram que procurar novas formas de ganhar dinheiro e garantir uma renda.

Além disso, investir no seu próprio negócio pode ser o primeiro passo para grandes conquistas financeiras e realizações. Hoje em dia as oportunidades para quem deseja empreender são ainda maiores e com uma gama de opções enorme.

Em contrapartida, muitas pessoas sentem dificuldade em criar o próprio negócio pelo baixo orçamento inicial ou ficam paralisadas por medo do investimento ser muito alto.

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, criar o próprio negócio atualmente se tornou muito mais acessível do que alguns anos atrás.

Com a internet, o e-commerce e as mídias sociais, o alcance dos negócios triplicou e o retorno financeiro ficou mais rápido. Além disso, com essas inúmeras plataformas digitais gratuitas, o investimento é menor e as opções de negócios de baixo custo são ainda maiores.

Quer saber mais sobre como aumentar sua renda com um baixo investimento? Separamos algumas dicas importantes para quem deseja empreender e várias ideias de negócios de baixo custo que irão te ajudar nesse processo.

Vantagens de ter o seu próprio negócio

Já imaginou ter autonomia do próprio negócio? Quando falamos em empreender e ser o seu próprio chefe é quase impossível não ter em mente as inúmeras vantagens que isso traz.

Poder trabalhar sem ter o peso de um chefe ou supervisor te regulando é um dos sonhos de muitas pessoas por aí. Ter autonomia para programar o seu horário de trabalho e poder usufruir de todo o resto do tempo livre é algo tentador para quem ainda é assalariado.

A flexibilidade de horários e a liberdade de escolher a melhor hora do dia para trabalhar é uma das grandes vantagens de se ter o próprio negócio.

Outro aspecto importante é poder dedicar-se àquilo que gosta, visto que poderá escolher seguir na área que deseja, alinhada às suas habilidades e afinidades.

Ter a possibilidade de encaixar as escolhas profissionais aos próprios interesses já é algo estimulante para qualquer pessoa. Trabalhar naquilo que gosta garante mais produtividade e resultará em um maior sucesso profissional.

Além da liberdade de tempo e de poder trabalhar com o que realmente gosta, ter o seu próprio negócio também pode trazer autonomia espacial para quem antes só trabalhava em um escritório ou um local fixo.

Ou seja, ser dono do próprio negócio faz com que você possa trabalhar de forma ilimitada de qualquer lugar, principalmente com as plataformas digitais disponíveis hoje em dia que facilitam todo o processo.

Os benefícios fiscais também estão entre a lista de vantagens do empreendedorismo, pois com um CNPJ você consegue algumas vantagens fiscais que não estão disponíveis para pessoas físicas.

Dentre elas estão algumas opções de financiamento bancário, condições especiais em várias empresas e vantagens até mesmo nos planos de saúde. Se interessou ainda mais pelo assunto mas ainda não tem ideia do que empreender?

Abaixo listamos as principais opções de negócio de baixo custo que irão te ajudar a tornar esse projeto possível.

(foto: pixabay)
(foto: pixabay)


1- Loja virtual

Com a pandemia da Covid-19 o e-commerce no Brasil e no mundo bateu recordes inimagináveis. Muitas pessoas que ainda não tinham efetuado nenhuma compra na internet tiveram sua primeira experiência em pelo menos alguma loja virtual durante o ano de 2020.

O comércio digital é uma tendência no mercado que promete crescer ainda mais nos próximos anos e é uma boa oportunidade para quem deseja iniciar seu próprio negócio com baixo custo inicial.

Ter uma loja virtual pode parecer simples e fácil, porém demanda muita dedicação e paciência, pois o resultado do seu sucesso será proporcional ao seu esforço e sua divulgação nas redes.

Além disso, ter um bom planejamento e um plano de negócios pré-definido fará toda diferença no êxito de qualquer empreendimento, principalmente quando se trata de um negócio online.

O baixo custo operacional de uma loja virtual é uma das maiores vantagens e é um dos principais fatores que geram tanto resultados hoje em dia, pois o valor dos produtos online consegue ser muito mais atrativos que em lojas físicas.

Outro grande ponto importante que a loja virtual possui é a possibilidade de ter um comércio ativo 24h, o que aumenta de forma significativa as chances de aumentar o número de vendas.

Tudo isso sem nenhum custo adicional e sem despesas com estrutura física, o que transforma esse e-commerce em um dos negócios mais acessíveis do comércio digital.

Para criar uma loja virtual é preciso contratar um bom servidor de web host e registrar um domínio disponível. Ou seja, o seu único investimento inicial será com esses serviços que são muito acessíveis no mercado.

Sobretudo, é muito importante procurar por pacotes de web host que atendam as demandas da sua loja virtual, pois alguns pacotes possuem também domínio grátis.

(foto: pixabay)
(foto: pixabay)

 2-E-commerce no Instagram

Para quem busca iniciar um negócio ainda mais acessível, com uma ferramenta completamente gratuita, o Instagram é a melhor opção. De acordo com estatísticas da Statista, o Instagram possui 1 bilhão de usuários ativos e um acesso diário de mais de 500 milhões de usuários.

O que a princípio era apenas uma rede social para compartilhamento de fotos, hoje se tornou uma gigante no mercado digital e um pré-requisito para qualquer e-commerce.

Mesmo que você possua uma loja virtual ou qualquer outro e-commerce fora desta rede social, é imprescindível estar presente também no Instagram e ter um perfil comercial.

Por outro lado, muitos negócios estão se iniciando exclusivamente no Instagram, principalmente pelas inúmeras ferramentas de vendas disponíveis nessa mídia social.

Além do Instagram servir como uma ampliação dos canais de venda de uma loja virtual, você pode criar um perfil comercial e expor todos os seus produtos por meio de uma vitrine virtual dentro da própria plataforma.

Para abrir o seu e-commerce no Instagram basta se cadastrar na rede, definir o nome do seu negócio e começar a produzir conteúdo para atrair os clientes.

Contudo, é muito importante ter um público-alvo estabelecido e escolher um nicho de mercado, assim fica muito mais fácil de se destacar em meio a concorrência e agregar ainda mais valor aos seus produtos ou serviços.

Há inúmeros nichos e possibilidades para criar o seu negócio no Instagram e por conta disso separamos dois dos mais importantes e que estão em evidência no cenário atual.

Moda e vestuário: A moda é algo que dificilmente estará em baixa e é sempre um mercado muito movimentado na internet.

O Instagram se tornou uma das redes mais democráticas para quem deseja vender roupas e trabalhar com a moda, pois o engajamento dos usuários com o tema é sempre alto.

Além disso, as oportunidades para essa área são inúmeras, pois agrega uma variedade de sub nichos que podem ser explorados.

Uma dica importante é sempre estar atento às tendências de consumo e comportamento, pois tudo isso poderá ser usado a seu favor no e-commerce do Instagram. Um exemplo disso é o consumo consciente e o slow fashion, que vem sendo pauta de muitos brechós no Instagram.

Esporte: Com o isolamento social devido a pandemia do Coronavírus, muitas pessoas começaram a praticar esportes dentro de casa e foram impossibilitadas de frequentar as academias.

Isso ampliou ainda mais o mercado voltado a acessórios esportivos, pois a demanda de itens para praticar atividades físicas em casa aumentou expressivamente.

Assim como a Moda, esse nicho possui alguns sub nichos e modalidades que podem transformar seu negócio em algo ainda mais exclusivo, como yoga, musculação, corrida, dança, dentre outros.

3-Delivery de comida

O ramo alimentício foi outra área que aumentou durante a pandemia de 2020 e que dificilmente perde sua importância no mercado. Aconteça o que acontecer, as pessoas estão sempre interessadas em se alimentarem e ter boas experiências gastronômicas.

Assim como a pandemia do Coronavírus influenciou em inúmeros aspectos da sociedade e no comportamento de consumo dos brasileiros, ela também impactou positivamente no delivery.

Hoje em dia as pessoas estão cada vez mais interessadas em praticidade e rapidez na alimentação. Uma boa opção para investir nesse mercado é vendendo marmitas, pois você pode utilizar a própria cozinha para produzir e tornar esse negócio ainda mais acessível.

Por ser um empreendimento de baixíssimo custo, o retorno financeiro é significativo. Você pode utilizar as ferramentas digitais como o Instagram para divulgar seu negócio e o Whatsapp Business para se comunicar com os clientes e efetuar as vendas, todas as ferramentas gratuitas.

Marmitas fitness: A saúde se tornou a preocupação primordial da maioria dos brasileiros. Com isso, o mercado de comidas saudáveis cresceu bastante nos últimos anos e se tornou uma ótima oportunidade para iniciar o seu próprio negócio.

Além de ainda ser um mercado relativamente pouco explorado, a procura é alta e a tendência é aumentar ainda mais nos próximos anos. O estilo de vida saudável presente nas gerações atuais representa um novo modelo de comportamento com impacto direto nos negócios.

Sanduíches: Por ser simples e fácil de fazer, vender sanduíches pode ser uma boa ideia de garantir uma renda extra com delivery. Não há quem resista a um bom sanduíche, até mesmo aqueles que vivem uma vida predominantemente saudável.

Além de possuir um baixo custo, você também consegue produzir diretamente da própria cozinha sem maiores gastos com estrutura e funcionários.

 4-Dropshipping

Se você se interessou por criar uma loja virtual, mas não possui espaço suficiente para manter um estoque, o Dropshipping é o negócio ideal para você. O Dropshipping é quando uma empresa X comercializa um produto e outra empresa Y se encarrega de fornecer esse produto.

Ou seja, você só precisará abrir uma loja virtual e se encarregar de vender o produto, enquanto a outra empresa fabricante do produto fica responsável pelo armazenamento e entrega da mercadoria.

Como o estoque e a produção é cuidada pelos fornecedores, o investimento inicial é muito baixo e torna esse modelo de negócio muito acessível, pois não é necessário gastar com aluguel e um espaço físico.

Encontrar fornecedores nacionais pode ser um desafio para quem é iniciante nesse modelo de e-commerce, um dos principais fornecedores atuais é o MixBarato, Kaisan e Imagem Folheados.

Assim como qualquer loja virtual, é importante elaborar uma logística e estabelecer um nicho específico para encontrar o melhor fornecedor para esse produto.

5- Infoprodutos

Já pensou em transformar seu conhecimento em um negócio digital? Se você possui algum conhecimento específico, domina um assunto ou é formado em algum curso e está impossibilitado de exercer sua formação, o mercado de infoprodutos pode ser uma boa oportunidade para iniciar um negócio de baixo custo.

Criar infoprodutos é uma forma de ganhar dinheiro e compartilhar informações, pois você pode criar desde ebooks, audiobooks e infográficos até mesmo cursos online. Além disso, uma das grandes vantagens desse mercado é a possibilidade de um único produto com acesso para vendas ilimitadas.

Ou seja, o investimento inicial e o custo de produção será insignificante perto do potencial de vendas do produto e do lucro final.

(foto: pixabay)
(foto: pixabay)

6-Influenciador digital

Com o alcance das redes sociais hoje em dia, a publicidade das outras mídias como a rádio e a TV são quase insignificantes perto do potencial do Instagram.

Com isso, uma nova profissão também nasceu e se tornou um dos negócios mais promissores e lucrativos da internet. Os influenciadores digitais são pessoas com alta autoridade nas redes e que possuem um grande número de seguidores, seja no Instagram ou no Twitter.

Pessoas com habilidades de comunicação, persuasão e autenticidade são as que mais se destacam nessa área e saem em vantagem no mercado.

Os influenciadores se tornaram os grandes responsáveis pelo alcance e sucesso das marcas, pois são pessoas que indicam produtos, classificam serviços e dão um feedback direto e informal para o consumidor, o que gera ainda mais credibilidade no mercado.

Com isso, a demanda de marcas interessadas em parcerias e publicidade só aumenta e os influenciadores têm lucrado bastante com tudo isso. Já imaginou ganhar 5, 10 e até 20 mil reais em um post no Instagram? Pois saiba que é esse o valor que alguns influenciadores ganham hoje.

Por ser aplicativos gratuitos, para se tornar um influenciador digital basta investir em conteúdo de valor e desenvolver as habilidades certas. Hoje em dia há inúmeros conteúdos disponíveis na internet para ajudar quem deseja iniciar nesse mercado e se tornar um influenciador de sucesso.

7-Canal no YouTube

Assim como o Instagram, o YouTube está entre as plataformas com maior valor de monetização. As possibilidades de conteúdo são inúmeras, pois não há limites para criatividade quando se trata de vídeos no YouTube.

A produção de vídeos no Brasil é uma tendência que vem atraindo cada vez mais espectadores. Já teve alguma ideia inovadora ou possui informações que merecem ser compartilhadas? Então criar um canal no YouTube e produzir vídeos é a opção de negócio ideal para você.

Além disso, o YouTube segue crescendo ao longo dos anos e contribui para o sucesso de grandes marcas, empresas e artistas. De acordo com dados da Alexa, o YouTube é o segundo site mais acessado do mundo, perdendo somente para o Google.

Investir em um canal no YouTube pode te levar a ser mais um grande influenciador na rede, ganhar dinheiro com a publicidade nos vídeos e também com a monetização pela audiência dos vídeos e número de inscritos.

(foto: pixabay)
(foto: pixabay)

8-Consultoria de marketing digital

Com a aceleração da transformação digital cada vez mais evidente, o mercado também está em constante mudança e adaptação.

As inovações tecnológicas, o crescimento das mídias sociais e os novos modelos de marketing fazem com que seja necessário mais profissionais capacitados para atender a essa demanda.

O marketing digital é uma nova área que abrange inúmeras outras como o marketing de conteúdo, inbound marketing, dentre vários outros segmentos.

O que antes era assunto apenas para grandes marcas e empresas hoje se tornou pauta essencial até mesmo para os microempreendedores e as marcas recentes do mercado.

Com o avanço tecnológico e esse novo perfil de consumidor, ainda mais moderno e cercado de estímulos diferentes por todos os lados, o conteúdo de marketing nas redes ganhou mais importância e se tornou uma preocupação das marcas atuais.

Com toda a pluralidade do marketing digital e com tantas ferramentas a serem analisadas, é preciso investir em um profissional capacitado a analisar e direcionar o marketing de forma positiva.

O consultor de marketing digital será o principal responsável nessa tarefa de analisar a empresa, traçar objetivos e planejar estratégias de marketing ideais para cada propósito da marca.

A grande vantagem disso tudo é que além de ser um negócio lucrativo é que você pode iniciar até mesmo sem nenhum custo inicial, pois há diversos conteúdos gratuitos sobre o tema na internet que podem te ajudar a dar o passo inicial.

Sobretudo, é preciso ser observador, curioso e principalmente criativo para se destacar na área.

Conclusão

Iniciar um novo projeto pode ser um universo repleto de desafios, porém o custo inicial não deve ser um deles. Existem inúmeros negócios lucrativos com baixo investimento e que podem te proporcionar resultados financeiros incríveis.

Para isso, aproveite as informações deste post e esteja sempre ligado às novas tendências do mercado, pois cada dia que passa há novas oportunidades de negócios ainda mais inovadoras.

Seja qual for o seu novo negócio, não se esqueça de elaborar um planejamento e divulgá-lo em todas as redes disponíveis.

Nos siga no Google Notícias