A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/02/2008 16:10

Campo Grande registra inflação de 0,56% em janeiro

Redação

Impulsionada pelo aumento de preços de combustíveis (0,51% da gasolina e 0,49% do diesel), de alimentos sazonais como o tomate (que teve um aumento de 67,47%) e de produtos da categoria habitação que vão de vassoura (4,72%) a fogão (5,67%), o IPC/CG (Índice de Preços ao Consumidor de Campo Grande) registrou aumento de 0,56% em janeiro, em relação a dezembro de 2007. O aumento acumulado nos últimos 12 meses é de 3,63%. O índice é calculado tendo como base o consumo mensal de uma família com renda mensal de 1 a 40 salários mínimos.

Também está mais caro comprar cebola (25,66%), uva (20,97%), maracujá (17,32%), pernil (11,14%), feijão (7,50%), os principais cortes de carne como cupim (4,44%), filé mignon (3,68%) e costela (3%), DVD 5,67%, inseticida 4,97%, e produtos do vestuário como sandália/chinelo masculino 4,43%, sapato masculino 3,76% e blusa 3,58%.

A inflação só não foi maior porque houve queda no preço de produtos do grupo Saúde, do álcool anidro (-0,96%), pneu (-0,56%) e automóveis novos (-0,36%), e alguns cortes de carne como acém (-5,59%), coxão-mole (-5,58%) e patinho (-4,95%).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions