A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/05/2009 07:36

Dia das Mães deve movimentar R$ 36 mi em Campo Grande

Redação

O Dia das Mães deve movimentar R$ 36 milhões na economia de Campo Grande, conforme indica pesquisa da Anhanguera-Uniderp. A intenção de compras vem caindo ano a ano.

"Desde 2007, temos observado uma diminuição nesta porcentagem que passou de 92% para 90% em 2008 e, aproximadamente, 86% neste ano de 2009", observa o coordenador da pesquisa José Francisco dos Reis Neto.

Para o pesquisador, isso reflete também os efeitos da crise e outro sinal de precaução é o aumento da intenção de pagamento à vista.

"Em 2007, 50% indicaram que pagariam à vista. Em 2008, esse número aumentou para 64% e, neste ano, subiu para 66%", destaca Reis. Segundo ele, o comprador não quer ficar devendo à loja. A minoria que deseja adquirir o presente do Dia das Mães de forma parcelada mostra que o prazo preferido é de três prestações.

Com relação ao valor médio dos presentes também houve uma redução de R$ 136,00 em 2008, para R$ 117,00 neste ano. A pesquisa aponta que, daqueles que irão comprar, 69% presentearão as mães, 12% as sogras, 12% as esposas e 7%

Escolha - Mais uma vez as compras no Dia das Mães serão de presentes úteis e práticos. Os principais presentes escolhidos pelos campograndenses são itens do vestuário (21%), perfumes e cosméticos (16%), bolsas e acessórios (10%), calçados (9%), flores (8%), jóias e bijuterias (7%). O telefone celular tem a preferência de apenas 4% dos presentes para as mães.

Aqueles que indicaram que irão comprar eletroeletrônicos (5%), a escolha se prenderá à câmera fotográfica digital (13%), TV (12%) e secador de cabelos (9%) como os principais. Os eletrodomésticos foram escolhidos por 4% das pessoas para presentear suas mães. O liquidificador (15%), o forno de microondas (10%) e o refrigerador (8%) foram os mais citados.

"Mesmo com a redução do IPI dos eletrodomésticos, amplamente divulgado pelos lojistas, não houve uma percepção da intenção do aumento de compra destes bens duráveis neste ano", destaca Correia.

As lojas do Centro de Campo Grande aparecem na preferência de mais de 46% dos compradores e isso agora se soma a preferência de 6% escolhendo o Pátio Central. O Shopping Campo Grande é a escolha de quase 30% dos consumidores.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions