ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 27º

Economia

Namorados vão ter de se contentar com presentes de R$ 250, mostra pesquisa

Celular, joias... produtos de luxo são coisas distantes da realidade dos entrevistados pela Fecomércio

Por Izabela Cavalcanti | 13/05/2024 12:53
Homem olhando vitrine decorada para o Dia dos Namorados (Foto: Marcos Maluf)
Homem olhando vitrine decorada para o Dia dos Namorados (Foto: Marcos Maluf)

O Dia dos Namorados deve movimentar R$ 360,22 milhões no comércio de Mato Grosso do Sul, neste ano. O montante é 7% menor que o registrado no ano passado. Os dados são da pesquisa de intenção de consumo e comemorações, elaborada em parceria pelo IPF-MS (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS) e o Sebrae-MS.

Para presentes, o esperado é que o gasto médio fique em R$ 247,06, totalizando R$ 189,60 milhões. Nas comemorações, a média é de R$ 215,49, totalizando R$ 170,61 milhões.

Em relação ao que comprar, 25,79% vão levar em conta a escolha do namorado; 59,96% a qualidade do presente; 7,80% o presente que viu na vitrine; 2,79% as dicas de amigos e familiares; e 2,41% propagandas.

Roupas são a preferência de presentes para 25%; perfumes para 24%; flores (13%); calçados (15%); joias (8%); e bolsas e acessórios (10%).

Dos que não vão dar presentes, a maioria disse que está solteira. Mas outros motivos também aparecem, como falta de dinheiro e a ideia de que a data nada mais é que uma invenção comercial.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O presidente do IPF/MS, Edison Araújo, orienta os empresários para prepararem as equipes, vitrines e combos especiais que chamem a atenção dos consumidores e que fiquem atentos às prioridades de quem vai às compras.

“A pesquisa revela que 67% dos consumidores pretendem comprar à vista e oferecer um bom desconto pode ser um chamariz para atrair o cliente, além da qualidade do produto, que é outra prioridade do consumidor. O empresário tem que inovar e aproveitar datas comemorativas como essa para refazer o caixa, melhorar o fluxo e ganhar um fôlego financeiro”, afirma.

Sobre onde comprar, 65,16% preferem no Centro; 15,30% online; 9,43% nos bairros; 7,99% no shopping; e 1,92% em galerias.

Os atrativos na hora de pagar é o pagamento à vista (67,36%); parcelamento (22,95%); atendimento (3,23%); variedade (1,96%).

Comemorações – Entre os que afirmaram que vão comemorar a data, a maioria priorizou a celebração nos restaurantes (55%) e a segunda opção foi preparar a comemoração em casa (18%).

A pesquisa ouviu 2015 pessoas entre os dias 29 de abril a 04 de maio nas cidades de Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Coxim, Bonito, Corumbá/Ladário e Três Lagoas.

A margem de erro da pesquisa é de 5% a 6% percentuais, para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias