A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

25/01/2008 08:14

Fiems pede para Agepan avaliar mudança na tarifa de luz

Redação

A Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) informou que vai encaminhar nesta sexta-feira um ofício para a Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) para que o órgão regulador avalie os argumentos da Enersul para suspensão de programa que possibilita tarifa menor de energia elétrica.

Segundo a Fiems, a Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) comunicou às indústrias do Estado que o programa Energia Extra será extinto em fevereiro. Ele possibilitava aos grandes consumidores a aquisição de energia no horário de ponta a preços inferiores às tarifas homologadas pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

O presidente da Fiems, Sérgio Marcolino Longen,quer da Agepan uma avaliação técnica dos argumentos apresentados pela concessionária de energia para suspender o programa. A intenção, afirma, é saber se há alguma retaliação para o setor industrial por conta da atuação que a entidade no processo que culminou na redução da tarifa de energia elétrica em Mato Grosso do Sul, em 2007.

Para ele, a suspensão do programa teria ser avisada com mais antecipação, para que as indústrias encontrassem outras alternativas. De acordo com a Fiems, no comunicado enviado aos grandes consumidores de energia, a Enersul alegou que iria pôr fim ao programa devido à disponibilidade de energia do Proinfa - Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia

Dólar sobe 1% e fecha quinta-feira cotado acima dos R$ 3,70
O dólar fechou a quinta-feira (18) cotado acima dos R$ 3,70. A moeda subiu 1,16%, atingindo R$ 3,7250. O Índice Bovespa (Bolsa de Valores de São Paul...
Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions