A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/04/2011 10:00

MS-Gás aumenta clientela e volume distribuído, mas ainda acumula prejuízo

Marta Ferreira
Distribuição do gás natural veicular caiu, mas nos outros setores MS-Gás registrou ampliação.Distribuição do gás natural veicular caiu, mas nos outros setores MS-Gás registrou ampliação.

Um aumento de 23% na clientela em 2010 e de 255% no volume de distribuição não salvou a MS-Gás de fechar mais um ano com prejuízo acumulado. Relatório de atividades divulgado hoje pela empresa aponta que, no ano passado, a companhia distribuidora de gás teve lucro, de R$ 13,2 milhões, mas como ainda perdas dos anos anteriores, acabou fechando o exercício com prejuiízo acumulado de R$ 22 milhões.

A soma considera o passivo acumulado de anos anteriores, de R$ 36,8 milhões, menos o lucro obtido no ano de 2010.

No relatório de atividades, a direção da MS-Gás atribui o passivo à “baixa dos ativos referente ao ramal do gás em Corumbá”, no ano de 2008. Toda a estrutura que a companhia montou para fornecer gás está parada e por isso conta como passivo.

Apesar desse dado negativo, a MS-Gás demonstra otimismo no relatório.

“Tendo em vista contratos já firmados com novos clientes para o próximo exercício, bem como outras negociações em estágio avançados, visando o aumento da carteira de clientes, concluímos que em um curto prazo a companhia deverá reverter, exclusivamente com lucros da própria atividade”.

Resultados- O relatório de atividades divulgado pela MS-Gás aponta que, ao fim de 2010, a empresa tinha 1.151 clientes, 215 a mais do que no ano de 2009.

O setor industrial foi o que mais teve crescimento de demanda. O aumento foi 53% na demanda pelo gás, com uma distribuição de 62 milhões de metros cúbicos.

A empresa também destaca a distribuição feita para as usinas termoelétricas, de Campo Grande e Três Lagoas, que fizeram o volume chegar a 114 milhões de metros quadrados.

O destaque negativo é o consumo de gás natural veicular, que diminuiu 12,8, fechando em 8,6 milhões de metros cúbicos.

No total, a MS-Gás vendeu 189 milhões de metros cúbicos de gás no ano passado, quantidade 255% maior do em 2009, quando haviam sido 53,4 milhões de metros cúbicos.

Esses resultados são comemorados pelo presidente da empresa, Matias Gonsales, no texto de abertura do relatório de atividades, em que ele afirma te4r sido um ano de “conquistas e novas perspectivas” .

Gonsales comemora o desempenho no setor industrial, que representa 80% de todo gás natural vendido. “É nosso principal mercado e suas projeções para os próximos anos são extremamente favoráveis”, define.



Isso é incrível!
Fique de olho!
 
Márcio Santos em 19/04/2011 02:12:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions