A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

13/02/2008 06:20

Novas regras para telefonia celular já estão em vigor

Redação

Entram em vigor nesta quarta-feira, 13 de fevereiro, as novas regras de relacionamento entre as empresas de telefonia celular e clientes. A partir de agora, as empresas passam a ter prazo de 24 horas para atender o pedido de cancelamento de linha,  mesmo que existam de débitos; terão de devolver em dobro os valores cobrados indevidamente; dar 180 dias de validade para os créditos pré-pagos e manter atendimento pessoal aos assinantes. As mudanças foram determinadas pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), como forma de adaptar o atendimento das companhias telefônicas ao Código de Defesa do Consumidor.

O regulamento em vitor até ontem datava de 2002 e, para a Anatel, era falho nas opções que o consumidor tinha para recorrer e ser atendido em suas demandas.

Uma alteração significativa é em relação ao pedido de cancelamento. De agora em diante, o cliente deve ter a opção de fazê-lo em qualquer loja autorizada e não apenas pelo atendimento telefônico, como somente era permitido pelas atuais normas.

Cada loja das empresas de celular deve ter um quadro informativo com os principais direitos dos consumidores, com o número telefônico da Anatel para as reclamações.

Em relação à validade dos créditos, o prazo dobra. Hoje, as empresas oferecem no máximo 90 dias de prazo e agora passam a ter de aceitar os créditos por 180 dias. Terão também o dever de revalidar os créditos antigos toda vez em que o celular for recarregado. O usuário que ficar sem créditos continuará recebendo chamadas de outros telefones ou poderá realizar ligações a cobrar por um prazo de 30 dias. Depois desse prazo, todos os serviços serão bloqueados, com exceção das ligações gratuitas de emergência
Dólar sobe 1% e fecha quinta-feira cotado acima dos R$ 3,70
O dólar fechou a quinta-feira (18) cotado acima dos R$ 3,70. A moeda subiu 1,16%, atingindo R$ 3,7250. O Índice Bovespa (Bolsa de Valores de São Paul...
Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions