A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/02/2010 07:10

Novo cálculo deve reduzir reajuste de luz em 0,5%

Redação

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou ontem proposta de alteração nos contratos de concessão das distribuidoras que pode reduzir em 0,5% os próximos reajustes da conta de luz.

Isso porque a partir de agora será considerado no cálculo o crescimento de mercado das distribuidoras. Como não foi considerada a escala entre 2002 e 2009 há cálculos que indicam que as empresas estariam devendo ao consumidor R$ 1 bilhão, mas a Aneel deixou claro que a nova metodologia de cálculo não vai retroagir.

Conforme notícia do jornal Estado de São Paulo, o diretor da Aneel, Edvaldo Santana, disse que para o consumidor a mudança deverá resultar em redução média de meio ponto porcentual nos próximos reajustes.

O impacto é pequeno no bolso do consumidor. Por exemplo, se uma residência paga R$ 100 por mês de luz e a Aneel calcula um reajuste anual de 10% para aquela tarifa, o desconto de 0,5 ponto porcentual sobre o reajuste seria de apenas R$ 0,50.

Ao comentar a decisão de ontem da agência, o diretor-geral da Aneel, Nelson Hubner, disse que o aditivo ainda tem de ser assinado por todas as 64 distribuidoras do País. "Cada agente vai ter de submeter essa proposta aos seus conselhos."

Procon da Capital abre campanha para orientar comércio e consumidor no Natal
O Procon (Subsecretaria de Proteção e Defesa do Consumidor) de Campo Grande dá início nesta segunda-feira (18) a uma semana de orientação e atendimen...
Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions