ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  16    CAMPO GRANDE 23º

Economia

“Points” do Carnaval em MS esperam atrair 70 mil este ano

Por Fabiano Arruda | 15/02/2012 18:04
Paranaíba, que terá show de Michel Teló, deve receber 30 mil foliões. (Foto: Divulgação)
Paranaíba, que terá show de Michel Teló, deve receber 30 mil foliões. (Foto: Divulgação)

Considerados principais destinos turísticos de Mato Grosso do Sul no Carnaval, os municípios de Corumbá, Paranaíba, Bonito e Jardim devem atrair cerca de 70 mil pessoas até quarta-feira da semana que vem.

A maior estimativa é de Paranaíba, que terá como atração show do cantor Michel Teló. Segundo o prefeito José Garcia de Freitas (PDT), o Zé Braquiara, são esperadas 30 mil pessoas. “Mas não tem nada a ver com ele (Michel). O Carnaval de Paranaíba é o maior de Mato Grosso do Sul”, garantiu.

Braquiara diz que não há mais vagas na rede de hotéis. Ele assegura não ter informações sobre o custo médio para se hospedar na cidade na época da folia, no entanto, informações levantadas pelo Campo Grande News dão conta que a diária para uma pessoa pode chegar a cerca de R$ 300.

Outro destino tradicional é Corumbá, que também já não dispõe de vagas para hospedagem na rede hoteleira, que conta com 4,5 mil leitos.

O presidente da Fundação de Turismo do município, Rodolfo Assef Vieira, afirma que a cidade deve receber 15 mil pessoas. A diária individual, segundo ele, variou entre R$ 180 a R$ 230. “Estamos hospedando em barcos hotéis”, conta.

Cerca de R$ 10 milhões devem ser injetados na economia corumbaense nesta época com média de 40 mil pessoas por noite.

Em Bonito, o secretário de Turismo, Indústria e Comércio, Augusto Barbosa Mariano, avisa que apenas 10% das vagas em hotéis ou pousadas na cidade ainda estão vagas.

O número de pessoas na folia varia de 12 a 15 mil no período.

Segundo Mariano, casas e quitinetes também estão para ser alugadas. O valor da diária para ficar em Bonito nesta época varia de R$ 40 em pousadas até R$ 350, em resorts, por pessoa. “A cidade está totalmente preparada para receber os turistas. O movimento na economia deve atingir R$ 7 milhões”, pontua.

Já em Jardim, a secretária de Turismo, Hélia Maria, aponta que o número de foliões deve atingir 15 mil. “As vagas nos hotéis estão praticamente fechadas, inclusive, em Guia Lopes da Laguna”, diz ao mencionar a cidade vizinha, relatando que as diárias por pessoa variam de R$ 40 a R$ 80.

Conforme a titular da pasta, as pulseiras para o Carnaval no balneário do município custam R$ 10 para os quatro dias. As atrações vão do pagode, passando pelo samba até música eletrônica, informa.

Reclamação - Quem procura um dos “points” do turismo no Estado nesta época reclama das dificuldades. É o caso de Wevergton de Carvalho, 31 anos. Ele conta que conseguiu encontrar vagas para hospedagem em Bonito e Paranaíba.

No entanto, não gostou dos preços que encontrou. “Procurei por agência, pesquisei e, tanto em Paranaíba, como Bonito, custa R$ 1.280 para quatro dias”, afirmou, reclamando de uma das dificuldades encontradas por usuários.

Geralmente, os hotéis reservam períodos fechados, por exemplo, de quatro dias para hospedagem, e não fracionam as diárias.

“Por ser dentro do Estado é preço é inviável”, lamentou Wevergton, revelando que sua segunda opção é Rio Verde. “Creio ser mais em conta”.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário