A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/10/2012 11:06

Receita Federal alerta contribuintes sobre falsos fiscais

Paula Vitorino

A Receita Federal emitiu alerta sobre falsos fiscais que abordam contribuintes e pedem dinheiro para regularizar a situação junto ao órgão. Os estelionatários chegam a usar nomes de servidores que estão na ativa e carteiras funcionais falsificadas.

De acordo com a Receita, os falsos fiscais também dizem que são membros da Associação de Auditores Fiscais. Eles entram em contato com os contribuintes por meio de telefonemas, email e também pessoalmente.

Sempre bem vestidos e utilizando a identificação falsa, os estelionatários solicitam livros contábeis e lavram termos fiscais, forjando uma inspeção da Receita e levando o contribuinte a acreditar que está sob investigação.

Neste momento, os criminosos pedem dinheiro para tirar o contribuinte da mira do leão.

No entanto, a Receita esclarece que todo e qualquer valor devido à União deve ser recolhido por meio de DARF pelo sistema financeiro, jamais entregue a um servidor. Além disso, o órgão não tem nenhuma revista ou associação autorizada a falar em seu nome.

Quando abordada pela fiscalização da Receita Federal, a empresa recebe o Termo de Início da Ação Fiscal. Nesse termo, constam o número do Mandado de Procedimento Fiscal – MPF e uma senha de acesso.

De posse dessas informações, o contribuinte deve, antes de qualquer providência, entrar no sítio da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br) e seguir o seguinte caminho: todos os serviços/ fiscalização/consulta Mandado de Procedimento Fiscal.

É importante informar que nenhum fiscal da Receita Federal visita ou faz qualquer exigência ao sujeito passivo sem um documento escrito. Além disso, todo e qualquer valor devido à União deve ser recolhido por meio de DARF pelo sistema financeiro, jamais por um servidor.

O contribuinte, percebendo que se trata de um falso fiscal, deve chamar a Polícia Civil ou a Polícia Federal para registrar o flagrante.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions