ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  30    CAMPO GRANDE 17º

Educação e Tecnologia

Mapa que mostra coronavírus pelos bairros foi inspirado em plataforma do RJ

O sistema também informa número de casos em Campo Grande, faixa etária e sexo dos pacientes

Por Aline dos Santos | 31/03/2020 12:41
Sisgran foi criado em 2009 e faz parte da Transparência da prefeitura de Campo Grande. 
Sisgran foi criado em 2009 e faz parte da Transparência da prefeitura de Campo Grande.

O mapa de georreferenciamento, que mostra a distribuição geográfica de casos do novo coronavírus em Campo Grande, foi inspirado em plataforma adotada pela cidade do Rio de Janeiro. Pontos vermelhos representam casos confirmados, os verdes indicam os descartados e os amarelos retratam os que ainda estão sob análise.

“A ideia surgiu há uma semana, por decisão da Sesau [Secretaria Municipal de Saúde], que quer dar transparência às informações. Três secretarias trabalharam juntas e desenvolvemos o sistema no decorrer da semana. Trabalhamos de madrugada, à noite, uma correria”, afirma a chefe da Divisão de Estatísticas da Planurb (Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano), Kelly Cacemiro Ferreira.

Os endereços dos pacientes de cada caso confirmado, descartado ou suspeito é repassado pela Sesau. Uma equipe de cinco pessoa confere cada CEP (Código de Endereçamento Postal) antes da postagem dos pontos no mapa de Campo Grande.

Com a tecnologia, seria possível cravar no mapa o imóvel de cada pessoa testada e o respectivo resultado, mas por questão de segurança, a opção foi por um “mapa de calor”, que mostra a distribuição dos casos pelos bairros, mantendo o endereço em sigilo.

 A plataforma não mostra os casos em tempo real. Mas, durante a semana, será atualizado diariamente. O boletim é divulgado à tarde e no dia seguinte o georreferenciamento aparece no mapa.

A plataforma também informa número de casos, faixa etária e sexo do paciente. Desde sábado, o sistema contabilizou quase 59 mil acessos e também sofreu mudança. Foi retirada a lupa que permitia a pesquisa pelo nome da rua ou bairro. O objetivo foi deixar a apresentação visual mais simples.

Campo Grande tem 36 casos confirmados do novo coronavírus. (Foto: Henrique Kawaminami)
Campo Grande tem 36 casos confirmados do novo coronavírus. (Foto: Henrique Kawaminami)

Até segunda-feira, Campo Grande tinha 36 casos confirmados de Covid-19. O mapa mostra que das sete regiões da cidade, apenas a do Anhanduizinho, que engloba bairros como Aero Rancho e Los Angeles, não tem casos confirmados.

O Sisgran-Coronavírus (Sistema Municipal de Indicadores) foi desenvolvido pela Coordenadoria de Tecnologia da Sesau, setor de geoestatística da Planurb e de geoprocessamento da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).

De acordo com Fábio Nogueira, diretor de estudo, análise e produção de informações da Planurb, o Sisgran faz parte do Portal da Transparência da prefeitura de Campo Grande e foi criado em 2009.

Navegação – Para acessar o mapa do Sisgran- Coronavírus clique aqui Na plataforma, a pessoa deve selecionar os filtros de pesquisa, cujas informações requisitadas serão apresentadas no mapa. Veja abaixo vídeo de como pesquisar na plataforma.