A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Julho de 2018

17/09/2010 18:37

Entidades culturais entregam carta de cultura a Nelsinho

Redação

Entidades culturais de Campo Grande se reuniram ontem, no Clube Noroeste, em Campo Grande, num evento em que foi entregue a "Carta Aberta da Cultura", elaborada por artistas dos mais diversos segmentos.

O prefeito Nelsinho Trad (PMDB) esteve no evento reafirmando seu compromisso com a cultura da Capital, bem como o advogado André Puccinelli Jr., representando seu pai, o governador André Puccinelli. Eles carimbaram o documento entregue pelas entidades.

O encontro foi promovido por instituições como a Fesmat (Federação Sul-Mato-Grossense de Teatro), ACGT (Associação Campo-Grandense de Grupos Teatrais), Artems (Associação de Produtores de Artesanato de Mato Grosso do Sul), IMP (Instituto de Música Popular), Lienca (Liga das Escolas de Samba de Campo Grande), AMP (Associação de Músicos do Pantanal), ASMPD (Associação Sul-Mato-Grossense dos Profissionais de Dança), entre outras e reuniu mais de mil pessoas.

De acordo com representantes da entidade, nessa carta são expostas as principais reivindicações dos artistas de Mato Grosso do Sul. A elaboração da carta foi realizada em reuniões onde estavam representadas as mais diversas áreas da cultura.

A Carta - Os movimentos culturais de Mato Grosso do Sul sugerem pela carta a articulação para a criação imediata do Plano Estadual de Cultura, conforme os parâmetros definidos no Plano Nacional de Cultura, para que sejam implementadas políticas públicas que contemplem as necessidades de cada segmento.

Os artistas também querem a criação da Secretaria de Cultura, com o fortalecimento da Fundação de Cultura, por meio de infraestrutura administrativa, recursos orçamentários apropriados e de um plano de adequação e valorização dos recursos humanos.

A implantação por regiões do estado, de centros técnicos de formação artística, integrando todos os segmentos artísticos, visando a preparação técnica de artistas para os respectivos segmentos do mercado de trabalho, também é defendida através da carta.

Nas escolas ou prédios estaduais, os artistas sugerem a criação de espaços multifuncionais para atividades culturais (auditórios, salas para oficinas, bibliotecas, videotecas, museus, galerias de arte, etc.), sendo que nos municípios maiores deve-se criar um teatro. Estes espaços devem ser previstos junto aos projetos de novas escolas e as existentes devem ter um prazo de até dez anos para a sua adequação, entre outras propostas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions