A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

31/01/2008 08:38

Vinte e quatro fantasias concorrem em desfile de Corumbá

Redação

Vinte e quatro fantasias vão passar pela passarela do Corumbaense Futebol Clube esta noite, 31 de janeiro, na 26ª edição do Concurso de Fantasias. As categorias mais disputadas são Originalidade e Luxo Especial com oito trajes cada uma. Quatro fantasias buscarão o título na categoria Luxo Feminino, o mesmo número de inscritas na categoria Luxo Masculino.

Carnavalescos de Corumbá, Ladário e Campo Grande já estão no ginásio do clube arrumando as estruturas que encantam o público pela criatividade e luxo. Ao ver e conferir a descrição das fantasias, os espectadores podem ter uma noção do quão engenhoso é o processo para "dar vida" aos trajes.

Este ano, em busca do pentacampeonato na categoria Originalidade, o carnavalesco Carlos Grezzi, ousou numa das maiores fantasias que já participaram do concurso. São 7 metros de comprimento por 4 de largura e 3 metros e oitenta centímetros de altura. São cerca de 80 quilos de estrutura que começou a ser montada em julho do ano passado. Tudo isso para homenagear o habitante do Pantanal. A fantasia denominada "O Homem Pantaneiro" contou com uma equipe de 8 profissionais entre ferreiros, soldadores e artesãos para deixá-la pronta para a competição. Orçada em R$ 5.100, 00 (cinco mil e cem reais), a fantasia foi idealizada pelo artista plástico Ricardo Vilalva com base em pesquisas universitárias e em informações coletadas junto ao Instituto do Homem Pantaneiro. "O que conta bastante também é uma boa performance. Ela ajuda a compor o traje além de agitar o público", comentou Grezzi ao Diário Corumbaense. A cor predominante são aquelas com tons que lembram a terra como marrom e ocre. Na parte traseira, o colorido é marcante com a fauna e flora pantaneiras.

Também veterano de desfiles na passarela do Corumbaense, o carnavalesco Manoelzinho, que este ano, assina a criação da escola de samba Vila Mamona, estará com duas fantasias. O "Guerreiro Guaikuru" competirá em Originalidade, abusando de dois itens como explicou o carnavalesco a este Diário. "As esculturas em isopor e as penas das mais diversas são a marca deste traje." Ele disse que reservou as plumas e paetês em tons de azul e prata para a fantasia "Cleópatra

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions