A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

14/10/2013 13:40

Após primeira derrota, Jean Carlo é demitido do comando do Operário

Helton Verão
Jean Carlo comandou Operário em seis jogos na Série B e após a primeira derrota foi demitido  (Foto: Divulgação)
Jean Carlo comandou Operário em seis jogos na Série B e após a primeira derrota foi demitido (Foto: Divulgação)

Jean Carlo não é mais o técnico do Operário Futebol Clube. Após a derrota, a primeira, por 3 a 1 conta o Ubiratan no Estádio Pedro Pedrossian, o Morenão, o presidente do clube, Toni Vieira afirmou se sentir pressionado por parte da torcida e patrocinadores para que o treinador fosse demitido. A decisão pelo desligamento aconteceu ainda na noite do domingo.

No comando do Galo foram quatro jogos na primeira fase com três vitória e um empate. Na segunda fase, venceu o Coxim fora de casa por 3 a 1 e foi derrotado nesse domingo (13). “Não deu certo, algumas substituições durante os jogos que não vingaram. Mas agora iremos decidir quem da comissão técnica irá assumir o posto”, comentou o presidente Toni Vieira.

“No papel somos melhores que o Ubiratan, não era o resultado que esperávamos desta partida”, completou o presidente.

Outro situação lamentada pelo presidente foi a perda do “bicho” de R$ 5 mil prometido pelos patrocinadores ao grupo caso vencesse a partida diante do Ubiratan.

Sobre os salários do grupo, Toni afirma que existem poucas pendências e que elas não seriam o motivo do desempenho abaixo da média dos jogadores. “Cerca de 10% do grupo está com parte dos salários atrasados do mês passado, deste mês ainda estamos no prazo para o pagamento, no dia 19”, garante Vieira.

Agora, para se classificar, o Galo precisa vencer os dois jogos que restam, o primeiro já no próximo domingo (20) contra o Coxim no Estádio Morenão e depois no dia 2 de novembro na volta contra o Ubiratan no Estádio Douradão. “Creio que temos plenas condições de alcançar o primeiro lugar e o acesso”, idealiza.

Toni avisa que nenhum treinador será contratado e o grupo deverá ser comandado ou pelo preparador de goleiros Neneca ou o preparador físico Souza.

Reforços – Até o fim do dia, Toni pretende fechar com três jogadores para reforçar o elenco. “Não posso revelar nomes, mas se trata de volante, um meia e um atacante.



É Toni só você não percebeu que o Ubiratan estava com mais elenco do que o Operario!! agora vai correr atrás do leite derramado!!! é uma pena mais já é tarde de mais!!!
 
Marcos Nogueira em 14/10/2013 21:35:27
Certeza que a demissão foi pra não pagar mais um mês de salário pro cara... O Tony jogou a toalha e vai deixar o neneca terminar o campeonato. E qual pressão de torcida? A TGO mal tá indo no jogo e ainda vai pra brigar, pra fazer o time perder mando e a outra torcida não bate nem palma de tão fraca que é!!! Só pra constar que o pau na mancha verde ontem começou com a torcida civil e depois q a tgo foi lá pra terminar...
 
Clodoaldo Rocha em 14/10/2013 19:45:07
neneca e Souza ainda derrubando seus treinadores.............O atacante certeza que é o EDGOL....Meu Deus Toni , quanta várzea na sua administração , com isso decretaram a permanência na série B...certeza.
 
Marcelo Alencar em 14/10/2013 14:20:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions