A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

29/08/2012 17:10

Comitê descarta Campo Grande como sede de jogos da diversidade

Gabriel Neris
Capital recebeu em 2011 o 1º Meeting MS de Vôlei LGBT reunindo equipes de todo o País (Foto: Divulgação)Capital recebeu em 2011 o 1º Meeting MS de Vôlei LGBT reunindo equipes de todo o País (Foto: Divulgação)

O CDG-Brasil (Comitê Desportivo GLS do Brasil) decidiu tirar de Campo Grande a possibilidade de receber os Jogos Nacionais da Diversidade, que estavam marcados para 15 a 18 de novembro deste ano. Os organizadores alegam que houve falta de comunicação entre organizadores e poder público.

A competição foi transferida para o mês de junho de 2013 e será realizada em São Paulo durante a programação da Parada do Orgulho LGBT.

O presidente do CDG-Brasil, Érico Santos, afirmou ao site Mix Brasil, que o comitê organizador em Campo Grande, que unia prefeitura e governo estadual, não fez a captação de apoiadores por meio de Lei de Incentivo ao Esporte.

“Eles não indicaram as empresas. E em época de eleição, os cargos de secretaria mudam, as pessoas que haviam firmado o acordo não estão mais no poder. Teve ainda uma falta de comunicação interna que nos prejudicou”, disse Érico ao Mix Brasil.

O presidente da CDG-Brasil cita a troca de comando na Funesp (Fundação Municipal de Esporte), onde Carlos Alberto de Assis deu lugar a Silvio Lobo, e na Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), pasta assumida por Flávio Brito no lugar de Júlio César Komiyama.

“De semana em semana eles ficavam dizendo que iam mandar as listas das empresas, mas o prazo ficou apertado demais e, como não mandaram, tivemos que transferir para não perder credibilidade”, complementa Érico.

Resposta – A Funesp respondeu, através da assessoria de imprensa, que a prefeitura de Campo Grande iria dar apenas o apoio necessário, cedendo espaço e profissionais da área para auxiliar na organização.

A Funesp ainda afirma que como fundação veiculada a prefeitura, não tem competência de captar recursos com empresas privadas para realizar eventos.

O presidente da Fundesporte, Flávio Brito, demonstrou surpresa com a divulgação que Campo Grande não receberá mais os jogos. “Recebemos comunicado há 20 dias sobre a dificuldade em arrumar parceiros. Eles tinham R$ 420 mil em carta de crédito para fazer captação”, diz Brito.

Brito diz que recebeu os organizadores há 20 dias e foi garantido ao presidente da Fundesporte que fariam um comunicado avisando sobre o adiamento, porém, de acordo com Flávio Brito, não existia a informação de que mudaria de sede.

“Não havia obrigação da gente fazer captação. O governo do estado já tinha garantido R$ 200 mil para o evento. Eles tinham um empresa de São Paulo que faria a captação de recurso por eles”, garante Brito.

O Campo Grande News tentou entrar em contato com o presidente da CDG, Érico Santos, mas não obteve resposta.

Seriam disputadas 15 modalidades esportivas e lúdicas, como bilhar, carteado, ciclismo, corrida de rua de 5 e 10 quilômetros, dança, futsal, gaymada, handebol, natação, tênis de campo, tênis de mesa, voleibol e vôlei de praia.

Campo Grande sedia Jogos Nacionais da Diversidade e inscrições estão abertas
No evento terão modalidades esportivas e lúdicas, como Bilhar, Carteado, Ciclismo, Corrida de Rua de 5 e 10 quilômetros, Dança, Futsal, Gaymada, Han...
Em amistoso, craques do futebol nacional vencem time de Sidrolândia por 5 a 3
O time liderado pelo tetracampeão mundial Viola, venceu por 5 a 3 o Amigos de Sidrolândia, em amistoso realizado hoje à tarde (10), em Sidrolândia, a...


Ainda Bem !!!!
 
Francisco Assis em 30/08/2012 08:15:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions