A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

03/05/2018 14:47

Corumbaense visita Brasiliense de olho em liderança de grupo na série D

Técnico do Carijó aposta em intensidade e velocidade para voltar de Brasília com o resultado positivo

Gabriel Neris
Jogadores do Corumbaense embarcaram nesta quinta-feira para Brasília (Foto: Corumbaense FC/Divulgação)Jogadores do Corumbaense embarcaram nesta quinta-feira para Brasília (Foto: Corumbaense FC/Divulgação)

O Corumbaense embarcou no início da tarde desta quinta-feira (3) para Brasília onde enfrentará o Brasiliense pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. O time sul-mato-grossense joga de olho na primeira colocação do grupo A10. A partida está marcada para sexta-feira, às 19h (de MS), no estádio Mané Garrincha.

Para chegar a primeira colocação do grupo, o Corumbaense precisará vencer o time do Distrito Federal e torcer para que o Iporá (GO) seja derrotado pelo Dom Bosco (MT) fora de casa no domingo. O Iporá lidera o grupo A10 com 6 pontos e 3 de saldo de gols, enquanto o Corumbaense tem 3 pontos e -1 de saldo de saldo de gols.

O técnico Robert Almeida confirmou que não poderá contar apenas com o zagueiro Jaime, lesionado. Ele também disse que tem dúvidas no ataque e deve definir quem joga somente momentos antes da partida.

“Vamos encarar um time importante, com jogadores de nome, experiente. Temos que explorar o que há de melhor, intensidade e velocidade, marcar muito bem e jogar”, disse o treinador ao Campo Grande News.

O Carijó vai embalado pela vitória sobre o Dom Bosco por 2 a 1 no final de semana passado. Segundo o treinador, o resultado foi importante para aumentar a confiança do elenco. “A vitória foi importante para gente, deixou um ambiente bom, clima de muita confiança”, destacou. Na estreia do Brasileiro, o Corumbaense foi derrotado pelo Iporá fora de casa por 2 a 0. 

A partida terá trio de arbitragem do Acre. Apita o jogo Fábio Santos de Santana, que terá como assistentes Rener Santos de Carvalho e Jean Carlos Rodrigues da Silva.

Do outro lado – O Brasiliense, adversário de amanhã, foi fundado em 2000 pelo então senador Luiz Estevão e se destacou nacionalmente ao chegar a final da Copa do Brasil em 2002, quando perdeu o título para o Corinthians.

No mesmo ano foi campeão brasileiro da Série C e em 2004 levantou o título nacional da segunda divisão. Em 2005 disputou a Série A, mas acabou rebaixado logo na primeira experiência. Em 2007 voltou a fazer boa campanha na Copa do Brasil ao chegar na semifinal e ser eliminado pelo Fluminense. Tem nove títulos estaduais, sendo o primeiro da região a ser hexacampeão candango, de 2004 a 2009.

O clube aposta em jogadores experientes para conseguir o acesso. No elenco estão o meia Souza e o atacante, ambos ex-São Paulo, e o zagueiro Lúcio, campeão mundial com a seleção brasileira em 2002 e com passagens por Palmeiras, São Paulo e futebol internacional.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions