A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/06/2011 18:29

Desgaste de pneus força pilotos a mudarem estratégia na Capital

Fabiano Arruda

Competidores reclamam da qualidade da pista

Sujeira gera reclamação de pilotos no primeiro dia de treinos da Stock Car em Campo Grande. (Foto: João Garrigó)Sujeira gera reclamação de pilotos no primeiro dia de treinos da Stock Car em Campo Grande. (Foto: João Garrigó)
Pedras no asfalto aceleram desgaste dos pneus, dizem competidoresPedras no asfalto aceleram desgaste dos pneus, dizem competidores

“O circuito de Campo Grande é o que mais gera desgaste aos carros”. A frase é do piloto Cacá Bueno ao responder sobre as particularidades do Autódromo Internacional de Campo Grande, que sedia no domingo a quinta etapa da Stock Car.

Apesar de conseguir o melhor tempo nesta sexta-feira, primeiro dia de treinos, ele criticou a qualidade da pista na Capital. Considerou ruim a qualidade do asfalto, que solta pequenas pedras e acelera o desgaste dos pneus.

“Se o asfalto fosse construído com material de qualidade não seria preciso recapear”, disparou.

“Ser rápido em Campo Grande às vezes não significa nada. A estratégia que pode definir a vitória”, complementou Cacá Bueno, que não vê problemas na característica do circuito ser lento, a exemplo de Londrina.

O líder da competição neste momento, Átila Abreu, seguiu a mesma linha. Revelou que antes de vir para Campo Grande sua equipe considerava que não seria necessária a troca de pneus durante a corrida.

“Agora acreditamos que teremos de trocar os quatro pneus. Mas faz parte. Temos de ter várias estratégias de corrida e fazer as escolhas durante a prova”, pontuou.

Átila também falou da questão da poeira. Disse saber que não chove há dias na Capital, mas garante que estas condições não se repetem em outros autódromos. “Quando estamos atrás de outro competidor podemos perceber as pedras e poeira surgindo”, relatou.

Mesmo com as condições adversas, o líder da competição mantém otimismo em manter a ponta na classificação. Recordou 2009, quando competiu na Capital e ficou em terceiro lugar. “Gosto de Campo Grande. Quando corri a última vez não precisei trocar de pneus. Vamos analisar agora”, comentou.

Já o piloto Ricardo Maurício simulou a troca de pneus nesta sexta-feira. “A pista exige muito. Vamos usar um pneu para a classificação e outro na corrida. É uma etapa longa, desgastante, que exige muito do piloto”, opinou.

Classificação - Com a marca de 1min25s693, Cacá Bueno fechou o primeiro dia de treinos com o melhor tempo. Em segundo ficou Max Wilson (1min25s784), seguido de Rodrigo Sperafico (1min25s850), Allam Khodair (1min25s859) e Nonô Figueiredo (1min25s870). O líder Átila Abreu terminou em décimo com a marca de 1min26s276.

Cacá Bueno mostra pequena pedra capaz de trazer dor de cabeça aos pilotos.Cacá Bueno mostra pequena pedra capaz de trazer dor de cabeça aos pilotos.
Mesmo com contratempos, Átila Abreu mantém otimismo em continuar na ponta do campeonato.Mesmo com contratempos, Átila Abreu mantém otimismo em continuar na ponta do campeonato.

Campeonato - A prova em Campo Grande ocorrerá num momento de disputa bastante acirrada pelas primeiras colocações da classificação.

O líder da principal categoria do automobilismo brasileiro até agora é o piloto Átila Abreu, que tem 71 pontos. Thiago Camilo aparece na segunda colocação, com 67, enquanto Cacá Bueno é o terceiro com 55, seguido de Max Wilson, com 52.

Confira a classificação completa da Stock Car nesta sexta-feira:

1º) Cacá Bueno - 1min25s693

2º) Max Wilson - 1min25s784

3º) Rodrigo Sperafico - 1min25s850

4º) Allam Khodair - 1min25s859

5º) Nonô Figueiredo - 1min25s870

6º) Daniel Serra - 1min25s894

7º) Lico Kaesemodel - 1min25s901

8º) Xandinho Negrão - 1min25s995

9º) Thiago Camilo - 1min26s234

10º) Átila Abreu - 1min26s276

11º) Duda Pamplona - 1min26s289

12º) Alceu Feldmann - 1min26s325

13º) Valdeno Brito - 1min26s403

14º) Marcos Gomes - 1min26s411

15º) Alan Hellmeister - 1min26s428

16º) Luciano Burti - 1min26s487

17º) David Muffato - 1min26s489

18º) Ricardo Zonta - 1min26s590

19º) Popó Bueno - 1min26s629

20º) Felipe Maluhy - 1min26s649

21º) Eduardo Leite - 1min26s728

22º) Ricardo Mauricio - 1min26s828

23º) Julio Campos - 1min27s091

24º) Rodrigo Navarro - 1min27s111

25º) Diego Nunes - 1min27s142

26º) Sérgio Jimenez - 1min27s225

27º) Giuliano Losacco - 1min27s411

28º) Tuka Rocha - 1min27s465

29º) Denis Navarro - 1min27s758

30º) Serafin Jr. - 1min29s639



Seria sim muito bom se se investissem mais na qualidade do altodromo de campo grande, bem como no seu acesso, pois é uma praça esportiva que mais nos projeta ao resto do pais e fomenta o turismo em nossa cidade., bem como o ginásio Guanandizão eo estádio Morenão que cada vez que tem um jogo importante é muito comum na imprensa nacional reclamarem do gramado. É importante termos grandes eventos como è também é mais ainda as pessoas sairem com uma boa impressão dos locais.
 
DIVINO RIBEIRO em 04/06/2011 09:54:40
Pra gente vê quem ta atrás só reclama, o lider do campeonato usou mais uma vez de otimismo mesmo não elogiando a pista, agora quem ta atrás, parece não ter estratégia mesmo.
 
Oswaldo Benites em 03/06/2011 06:57:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions