ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  18    CAMPO GRANDE 21º

Esportes

Em dia de premiação, campeões ficam só no embate

Por Lidiane Kober | 07/12/2013 20:36

De um lado, o campeão da Copa do Brasil, que voltava a jogar diante de sua torcida após o título. Do outro, o campeão brasileiro com quatro rodadas de antecipação. No meio, a taça das duas competições e a celebração das equipes. No fim, o empate por 1 a 1 entre os tricampeões Flamengo e Cruzeiro, na noite deste sábado, no Maracanã. Hernane abriu o placar, e Souza igualou para os mineiros.

O Flamengo começou melhor, mas perdeu Paulinho, Amaral e Samir por lesão e teve muitas dificuldades de segurar o ímpeto do Cruzeiro, que empatou na etapa final e poderia ter virado.

A equipe de Minas só não conseguiu vencer porque brilhou a estrela do jovem goleiro César, que aos 21 anos fez sua estreia como profissional, deixou o campo com cinco defesas difíceis e teve o nome gritado pela torcida.

Se o Cruzeiro tivesse vencido, teria superado o recorde do São Paulo, que em 2006 foi campeão com 78 pontos e 22 vitórias. A Raposa, que depois do título teve duas derrotas e dois empates em quatro rodadas, parou em 76 pontos e 23 vitórias.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário