A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

24/09/2010 14:08

Ex-Cene pode levar "gancho" de 4 anos por dopping

Redação

Afastado desde a última segunda-feira (20) pelo Bahia após ser flagrado no exame antidoping em jogo contra a Portuguesa, no dia 28 de agosto, pela 17ª rodada da Série B, o goleiro Renê, de 33 anos, revelado pelo Cene, pode ficar afastado dos gramados de 2 a 4 anos, de acordo com o Código Mundial Antidopagem.

O exame de Renê indicou a presença do diurético não permitido furosemida, que não possui capacidade de dopar atletas, mas que pode eliminar mais rapidamente vestígios de outras substâncias.

De acordo com Renê, a substância faz parte do princípio ativo do remédio Lasix, utilizado por ele há mais de oito anos para controle de hipertensão. Segundo o clube, o goleiro não comunicou aos médicos que estava tomando o medicamento, por recomendação de sua mulher.

Renê permanecerá suspenso preventivamente até o dia 18 de outubro. A data do julgamento pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva ainda não foi marcada. O Bahia, entretanto, está otimista e promete prestar "toda a assistência necessária para o atleta e sua família".

Segundo os dirigentes do clube, o fato de assumir a culpa e fazer uso de um remédio receitado por um médico pode tornar a pena mais leve para o atleta.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions