A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/09/2012 15:58

No penúltimo dia, Brasil supera melhor desempenho em Paraolimpíadas

Francisco Júnior
Jogadores da seleção brasileira de futebol de cinco posam com suas medalhas de ouro no pódio olímpico. (Foto:Gerry Penny/Efe)Jogadores da seleção brasileira de futebol de cinco posam com suas medalhas de ouro no pódio olímpico. (Foto:Gerry Penny/Efe)

Com 20 medalhas de ouro já conquistadas na Paraolimpíadas de Londres, o Brasil superou seu desempenho em Pequim, o melhor até então, e obteve a melhor marca do país na competição.

Em 2008, na capital chinesa, os para-atletas brasileiros conquistaram 16 ouros, 14 pratas e 12 bronzes (47 medalhas ao todo), e terminaram em nono lugar no quadro geral de medalhas.

Bocha, natação, atletismo e futebol de cego foram as modalidades que garantiram as premiações brasileiras no penúltimo dia dos Jogos Paraolímpicos-2012.

Maciel Souza e José Dirceu Pinto venceram as finais da Bocha nas categorias BC2 e BC4, respectivamente. Na classe BC4, Eliseu dos Santos ficou com o bronze.

Pela sexta vez na edição de Londres, Daniel Dias subiu ao lugar mais alto do pódio. Neste sábado, o nadador chegou em primeiro lugar na prova dos 100 m livre, categoria S5.

Na final do futebol de cego, o Brasil levou a melhor e bateu a França por 2 a 0.

O ouro de Shirlene Coelho no atletismo, na prova do arremesso de dardo classe F37/38, veio em grande estilo. Além da medalha, a para-atleta bateu o recorde mundial com 37,86m --a nova marca é quase cinco metros maior que o antigo recorde de 32,87m, da lituana Ramune Adomaitiene. (Com informações da Folha Online)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions