A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Maio de 2019

25/04/2019 16:42

Operário reformula elenco e traz técnico campeão estadual à Série D

Vinte e dois jogadores foram dispensados. Diretoria traz Celso Rodrigues para comandar o elenco.

Gabriel Neris
Comissão técnica e elenco foram apresentados nesta quinta-feira (Foto: Paulo Francis)Comissão técnica e elenco foram apresentados nesta quinta-feira (Foto: Paulo Francis)

O Operário apresentou nesta tarde (25) o elenco e o técnico que comandará o time no Campeonato Brasileiro da Série D. O Galo reformulou o elenco em relação àquele que disputou o Estadual e traz para comandar o grupo o treinador Celso Rodrigues, campeão pelo clube no ano passado.

Segundo o presidente do Alvinegro, Estevão Petrallas, 22 jogadores foram dispensados. Chegam ao clube alguns que se destacaram pelo Estadual deste ano com as camisas do Comercial, Urso e Costa Rica. Alguns já estavam treinando há pelo menos 12 dias e se juntam ao treinador, que chegou na quarta-feira em Campo Grande. “Se fossemos o melhor time não tínhamos dispensado 22 jogadores”, afirmou.

“São jogadores de performance boa. Recebi informações. Outros atletas [do Estadual] foram procurados”, comentou Celso Rodrigues durante a apresentação. O treinador esteve no clube em 2017, quando chegou a semifinal, e também no ano passado, quando pôs fim ao jejum de 20 anos sem título do Galo.

Celso Rodrigues retorna ao comando do Operário (Foto: Paulo Francis)Celso Rodrigues retorna ao comando do Operário (Foto: Paulo Francis)

O desafio do clube e do comandante agora é a Série D. E somente o acesso para a terceira divisão fará com que o Operário se mantenha em alguma competição nacional no ano que vem, já que ficou de fora da final do Estadual deste ano. Por isso, a responsabilidade na competição nacional aumenta. “Sonhamos em conquistar a vaga para a Série C. Vai ser bem difícil”, diz o treinador, que terá apenas dez dias para arrumar o time para a estreia.

A estreia na Série D será no dia 5 de maio contra o Patrocinense (MG), às 15h, fora de casa. Os dois clubes integram o grupo A11, que também é composto por União (MT) e Anapolina (GO). O Operário mandará seus jogos em Campo Grande no estádio Jacques da Luz, nas Moreninhas.

Situação econômica e despedida

O presidente do clube, Estevão Petrallas, também aproveitou o momento para prestar contas aos torcedores que acompanharam a apresentação e afirmou que pretende deixar o comando do clube ainda este ano. O vice, Nelson da Silva, também deve deixar o cargo, assumindo assim o atual presidente do Conselho Deliberativo, Edilson Duarte.

Assumiu erros de gestão na formação do elenco para o Estadual. “Falta de comprometimento. O comodismo tomou conta”.

Apontou ainda que as dívidas do clube caíram de R$ 13 milhões para R$ 2,7 milhões e que hoje o clube conta com as certidões negativas. Segundo ele, somente o débito com o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), em torno de R$ 300 mil, foi liquidado através da Timemania, loteria federal com os clubes de todo o Brasil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions