A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

02/12/2015 16:25

Palmeiras encara o Santos e precisa de dois gols de vantagem para levar a taça

Thiago de Souza
Santos venceu Palmeiras por 1x0, em jogo bastante disputado na Vila Belmiro. (Foto: CBF) Santos venceu Palmeiras por 1x0, em jogo bastante disputado na Vila Belmiro. (Foto: CBF)

Mais um capítulo da rivalidade entre Santos e Palmeiras em 2015 será escrito na noite desta quarta-feira (2), no gramado do Allianz Parque, em São Paulo. A partida, que começa às 21h (MS), decidirá com qual das duas equipes fica a Copa Sadia do Brasil 2015, o último título em disputa na temporada do futebol brasileiro. Depois de 156 jogos e 78 eliminações, o torneio mais democrático do futebol brasileiro chega à sua grande decisão. Após o Santos ganhar por 1 a 0 na Vila Belmiro no jogo de ida, só a vitória interessa ao Palmeiras. Se o Alviverde vencer por um gol de diferença, o título será decidido nos pênaltis. Se construir uma vantagem de dois gols ou mais, será o campeão.

Dúvida

O Palmeiras não sabe se poderá contar com o atacante Gabriel Jesus na decisão desta quarta. O atacante deixou o jogo de ida com uma lesão no ombro e sua presença no duelo é questionável. A ausência do lateral-direito Lucas, porém, é certa. O palmeirense foi expulso na Vila Belmiro e cumpre suspensão no Allianz Parque.

Certeza

Pelo lado do Santos, o técnico Dorival Júnior não tem dúvidas sobre o time. Completamente recuperado, o lateral direito Victor Ferraz vai para o jogo, deixando o jovem Daniel Guedes no banco de reservas. O camisa 4 compõe a defesa com Vanderlei no gol, David Braz e Gustavo Henrique na zaga e Zeca pela esquerda.

Thiago Maia e Renato formam a dupla de volantes e Lucas Lima completa o meio campo. A linha de três atacantes terá Marquinhos Gabriel, Ricardo Oliveira e Gabriel

Duas vezes artiheiro?

O atacante Gabriel Barbosa tem a chance de confirmar, na decisão, a artilharia da Copa do Brasil 2015. Após o tento marcado no primeiro jogo da final, o santista chegou a oito gols nesta edição, três a mais do que os dois jogadores com mais gols que ainda podem ultrapassá-lo: Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel. Gabriel já foi o artilheiro da edição da Copa do Brasil de 2014 e, caso torne-se o artilheiro de 2015, igualará o atacante Gérson como único a ser artilheiro em edições consecutivas da competição. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions