A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

11/09/2016 10:38

Petrúcio Ferreira bate recorde mundial nos 100m e conquista 6º ouro do Brasil

A final da prova teve direito ainda à dobradinha brasileira no pódio

Chloé Pinheiro
O jovem estreou em grandes competições dominando o pódio. (Foto: Divulgação/Rio 2016)O jovem estreou em grandes competições dominando o pódio. (Foto: Divulgação/Rio 2016)

Petrúcio Ferreira, de apenas 18 anos, acaba de conquistar o ouro na categoria T47 dos 100m rasos da Paralimpíada Rio 2016. O fundista dominou a prova que ocorreu na manhã deste domingo (11) e ainda teve companhia brasileira no pódio, Yohansson Nascimento, que ficou com o bronze.

O recorde da prova, que antes dos Jogos se mantinha o mesmo há vinte anos, foi quebrado duas vezes por Petrúcio. Depois de fazer 10s67 na semifinal, o paraibano fez 10s57 na final e dominou a prova. 

O polonês Michal Derus tirou a prata de Yohansson em uma disputa tão acirrada entre os dois que teve que ser decidida no photo finish, imagem que reproduz o momento em que os atletas atravessam a linha de chegada. Os dois encerram a prova com o mesmo tempo, mas o tronco de Derus, inclinado para a frente, garantiu a ele a segunda colocação.  

Os dois brasileiros eram favoritos na T47, categoria dedicada a atletas que tiveram membros amputados, e voltam às pistas ainda para a disputa do revezamento 4x100 masculino. 

Essa é a primeira grande competição de Petrúcio, que perdeu a mão direita aos dois anos em acidente com uma máquina de moer capim. Yohansson, por sua vez, é tricampeão mundial na categoria.

Com as conquistas, o Brasil acumula 21 medalhas na Paralimpíadas e segue em quinto lugar no quadro geral de medalhas. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions