A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

01/10/2016 18:57

Santos vence em casa e Atlético-MG bate a Ponte Preta em Campinas

Nyelder Rodrigues

Na tarde deste sábado (1), o Santos venceu o Atlético Paranaense por 2 a 0 na Vila Belmiro, e o Atlético Mineiro bateu a Ponte Preta por 2 a 1 fora de casa, no estádio Moisés Lucarelli, em duelos válidos pela 28ª rodada do Brasileirão.

Em Santos, os donos da casa levaram a melhor no confronto direto com o Atletico-PR por vaga no G-4. Com um primeiro tempo equilibrado, o Peixe saiu na frente, aos 29 minutos, em cobrança de pênalti do veterano Ricardo Oliveira.

O segundo tempo começou com as duas equipes assustando. Aos 3 minutos, o Furacão acertou a trave em falta cobrada por Hernani. No minuto seguinte, o alvinegro praiano quase ampliou em contra-ataque veloz.

Aos 37, o Santos ampliou e sacramentou a vitória com Paulinho. Após cruzamento de Renato, o atacante se antecipou à zaga e fechou o marcador em 2 a 0. Com a vitória, os santistas recuperaram a quarta colocação, com 48 pontos. Com 42, o Furacão segue em sexto na tabela de classificação.

Já em Campinas (SP), o Atlético-MG construiu a vitória ainda no primeiro tempo. Aos 16 minutos, Júnior Urso colocou o Galo na frente. Como elemento surpresa, o volante recebeu cruzamento de Fábio Santos e abriu o placar.

Aos 37 minutos, Clayton recebeu lançamento de Leonardo Silva e ampliou o marcador para os mineiros. Na etapa final, aos 33 minutos, a Ponte Preta descontou com Roger, mas o gol não foi suficiente para evitar a derrota por 2 a 1.

Goleada baiana - Mesmo jogando fora de casa, na Arena Condá, em Chapecó (SC), o Vitória não tomou conhecimento da Chapecoense e dominou as ações, goleando o adversário por 4 a 1 diante da torcida catarinense.

Com um primeiro tempo arrasador, o rubro-negro não encontrou dificuldades para abrir 4 a 0. Aos 8 minutos, Zé Love recebeu cruzamento de Marinho e fez o primeiro. Aos 15, Marcelo usou a cabeça para ampliar.

O terceiro veio novamente dos pés de Zé Love, em belo chute de trivela aos 25 minutos. Ainda na primeira etapa, aos 39 minutos, o atacante Kieza deixou o dele e abriu 4 a 0 no placar. A Chape ainda descontou no segundo tempo com Thiaguinho, mas não foi suficiente para evitar a derrota por goleada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions