A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/08/2010 12:54

STJD julga Madureira e pode garantir Cene na Série D

Redação

O Madureira será julgado na quarta-feira (1º de setembro) pela 3ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. A acusação que pesa sobre o time carioca é a escalação do atleta Wesley Dionísio Monteiro em três partidas do Campeonato Brasileiro da Série D sem que seu nome estivesse devidamente documentado no Boletim Informativo Diário Eletrônico (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A denúncia foi protocolada na semana passada pelo departamento jurídico do Cene no STJD, no Rio de Janeiro. De acordo com o regulamento da CBF, só podem participar de campeonatos profissionais atletas registrados na Delegacia Regional do Trabalho e no BID publicado até o último dia útil antes da partida em que será escalado.

Caso seja considerado culpado, o Madureira poderá perder os pontos conquistados nos jogos em que Wesley atuou, garantindo a entrada do Furacão na segunda fase do Brasileirão.

Além de analisar a conduta do Madureira, o STJD também julgará os jogadores Giliard Santos Oliveira e Wanderson Antoniazi Pereira, ambos do Cene.

Briga - O Cene ficou em terceiro lugar no grupo A8 da Série D e ficou de fora da segunda fase da competição. O Furacão empatou com o Tupi (Juiz de Fora) na classificação (9 pontos), no número de vitórias (2), fez mais mais gols que o adversário (8 a 7), mas somou 2 gols de saldo contra 3 do time mineiro e ficou de fora do restante da competição pelo segundo critério de desempate usado pela CBF.

Já o Madureira conquistou a vaga por antecipação. Somou 10 pontos, sendo 3 vitórias, um empate e duas derrotas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions