ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  27    CAMPO GRANDE 26º

Esportes

Torcidas organizadas da Capital preparam festa para grande final da Libertadores

Distantes da Capital, torcedores de Palmeiras e Flamengo falam da expectativa para assistir a final no Uruguai

Por Jhefferson Gamarra | 26/11/2021 16:06
Torcidas organizadas do Palmeiras e Flamengo estão confiantes para a grande final (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Torcidas organizadas do Palmeiras e Flamengo estão confiantes para a grande final (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Neste sábado (27) a partir das 16h (horário de MS), acontece a final da Copa Libertadores da América 2021. Dois times brasileiros disputam o título: Flamengo x Palmeiras. O Rubro-negro carioca busca o tri da Libertadores, enquanto o Alviverde, atual campeão, um bicampeonato inédito.

A partida será disputada no Estádio Centenário de Montevidéu no Uruguai, a mais de 2 mil quilômetros de Campo Grande, mas por aqui, as torcidas organizadas já preparam uma programação especial acompanhar a final.

Palmeirenses

Tradicional ponto de encontro da torcida alviverde em dias de jogos, o antigo Bar do Ditão, localizado na Avenida Mato Grosso, 2.129, vai abrir as portas para a torcida do verdão de forma mais tímida esse ano, ainda por conta da pandemia provocada pela covid-19, sem a necessidade de interditar a avenida como em outras ocasiões.

“Esse ano o negócio ficou mais arrochado por conta das restrições, então nós vamos fazer com nome na lista, um negócio mais tranquilo dentro do nosso espaço mesmo, sem precisar interditar a rua. No ano que vem se tudo estiver mais de boa a gente pretende fazer uma festa maior. Mas nossa expectativa para o jogo é boa, tivemos uma passagem difícil para a final mas estamos bastante confiante de que vamos ser campeões”, explica o integrante da diretoria campo-grandense da Mancha Alviverde e organizador do evento, Edson Lechuga, conhecido como Ditão.

A entrada para a final ficará limitada a 200 pessoas, com ingressos antecipados no valor de R$ 10. O pré-jogo no local começa a partir das 13h30 com música e venda de bebidas, além da bateria da torcida organizada. Apesar de não ser um mega evento, o espaço alviverde contará com um telão e entre sete e oito televisores para a transmissão da partida. Além disso, o grupo de pagode Buxixo vai animar a galera.

Flamenguistas 

Ao contrário dos adversários, a torcida organizada Raça Rubro-Negra de Campo Grande, abriu mão da sua tradicional sede para fazer um grande evento para a transmissão da final. Com expectativa de receber cerca de 2 mil pessoas, a organização preparou a festa no Vitrine Show, localizado Rua Brilhante 2.128, onde serão montados dois painéis de LED e nove televisores de 50 polegadas, para os torcedores prestigiarem a disputa.

“Por baixo queremos receber umas duas mil pessoas. Em 2019, foi muita gente embora, nosso espaço ficou pequeno demais para toda a nação flamenguista de Campo Grande. Vamos sair da sede até o local do evento em caminhada com a torcida. A gente espera a vitória no sábado para conquistar mais uma Libertadores”, diz o organizador do evento e membro da torcida organizada, Vander Gregório.

O evento flamenguista deve começar às 13h e acabar às 21h. Os ingressos estão sendo vendidos a R$ 30 a pista e R$ 60 o camarote, porém os lotes podem subir a qualquer momento. O pagodeiro Dieguinho e a bateria organizada da torcida animarão o evento.

Estádio Centenário, no Uruguai, palco da final da Libertadores 2021 (Foto: Divulgação/CONMEBOL)
Estádio Centenário, no Uruguai, palco da final da Libertadores 2021 (Foto: Divulgação/CONMEBOL)


Conexão Campo Grande > Uruguai - Muitos garantiram ingresso para a partida decisiva, mas encontram problemas para resolver a logística e burocracia para chegar ao Uruguai. Fanático pelo mengão, o gerente de um aplicativo de apostas esportivas, Halison Oliveira, 24 anos, conhecido Buraco, está ansioso para chegar à Capital do Uruguai.

Ainda em Porto Alegre, aonde vai se encontrar com a torcida organizada Raça Rubro-Negra de todo ao País, o membro da torcida organizada 40ª região de Campo Grande, comentou os perrengues que passou até o momento para conseguir entrar no país vizinho.

Halison de boné e camisa preta do Flamengo, aguardando na Capital gaúcha (Foto: Arquivo Pessoal)
Halison de boné e camisa preta do Flamengo, aguardando na Capital gaúcha (Foto: Arquivo Pessoal)

“Viemos representando a banca de apostas GreenBet onde sou gerente,  então ganhei o ingresso e passagem. Saímos de ônibus de Campo Grande na quarta-feira 11 da manhã e a viagem que era pra ser tranquila durou quase 30 horas, tiveram 2 acidentes o ônibus atrasou, então ficamos todo esse tempo sem tomar banho e nossa hospedagem no hotel durava só até meio-dia de ontem então ficamos na rua, saímos com mala e tudo”, conta o campo-grandense.

Além dos problemas de logística, a necessidade de apresentar teste PCR-RT negativo de covid-19 para entrar em território uruguaio pegou o torcedor de surpresa, que precisou correr contra o tempo para realizar o exame.

“Todo lugar que procurei para realizar o teste na noite em que eu cheguei estava fechado. Acordei 5 horas da manhã para procurar e encontrei uma clinica que abria às 8 horas, fiquei esperando fiz o teste e meio dia ficou pronto, depois disso tive que procurar um lugar para imprimir o comprovante. Mas finalmente deu tudo certo. Agora vou aguardar até 20 horas para encontrar com as caravanas da raça-rubro negra do Rio de Janeiro, São Paulo e outros lugares do Brasil, mais ou menos 20 ônibus, para finalmente ir pra Montevidéu. Vamos pra cima ver o jogo e se Deus quiser vamos voltar com o caneco de campeão”, diz o flamenguista um pouco mais aliviado.

Palmeirense Felipe com o ingresso da tão sonhada final em mãos (Foto: Arquivo Pessoal)
Palmeirense Felipe com o ingresso da tão sonhada final em mãos (Foto: Arquivo Pessoal)

Mesmo com a viagem programada com um pouco mais de antecedência, o palmeirense Felipe Rebelo, 34 anos, não ficou livre dos contratempos. O empresário que está hospedado na cidade uruguaia Parque Del Plata, a 45 km do local da partida saiu de Campo Grande juntamente com um grupo de amigos até Porto Alegre de avião, da Capital gaúcha seguiram de táxi para a Chuy no Uruguai e pegaram outro taxi para seguir até o local em que estão hospedados, que precisou ser alterados após o local original de destino ser cancelado.

“Começamos o planejamento quando o Palmeiras avançou para a final. Logo em seguida compramos passagem para Porto Alegre porque a passagem direto para o Uruguai estava muito cara, depois disso alugamos a casa pelo Aribnb, mas acabou não dando certo e tivemos que procurar um hotel”, conta o torcedor alviverde.

Felipe reconhece a qualidade da equipe adversária, mas confia na experiência do técnico e no plantel palmeirense para garantir a taça mais cobiçada da América pela segunda vez consecutiva.  “Sabemos que o time do Flamengo tem bons jogadores individualmente, mas nosso técnico é estrategista e provou isso durante a competição, principalmente diante do Atlético Mineiro, onde todos falavam que o Palmeiras não iria passar e se classificou. Então estamos confiantes nisso, que vai dar tudo certo”, avalia o torcedor.

Onde assistir a final?
 
Os torcedores poderão acompanhar a final da Libertadores na tela do SBT (TV aberta) e nos canais Fox Sports (TV fechada). Além disso, a Conmebol TV, responsável pelo campeonato fará a exibição em sua plataforma paga. Os assinantes da Star+, streaming do Grupo Disney, também terão acesso ao jogo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário