A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

04/04/2013 16:45

Turismo de MS fatura mais do que o MT com a Copa do Mundo em Cuiabá

Gabriel Neris
Estádio está com obras atrasadas e preocupa Fifa para a realização dos jogos (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)Estádio está com obras atrasadas e preocupa Fifa para a realização dos jogos (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

A cidade de Cuiabá foi escolhida como uma das sedes da Copa do Mundo do ano que vem, mas o faturamento com o turismo deve ficar em solo sul-mato-grossense, que não receberá nenhuma partida da competição.

Cerca de 80% da região pantaneira encontra-se em Mato Grosso do Sul e 20% em Mato Grosso.

A preocupação parte, principalmente, do secretário de Turismo de Cuiabá, Marcus Fabrício. A 15 meses do Mundial, a cidade esbarrou na dificuldade de divulgar os pontos turísticos. “Temos conhecimento disso e vamos desenvolver ações para tentar mudar”, disse o secretário ao jornal Zero Hora, do Rio Grande do Sul.

“Sem nem ser sede, Mato Grosso do Sul tem explorado melhor suas qualidades, associando-as à Copa de maneira mais eficiente do que nosso Estado. É preciso rever alguns conceitos”, acrescentou Fabrício.

Segundo o diretor da empresa Impacto Ecoturismo, Nei Gonçalves, a procura de estrangeiros para o Pantanal aumentou de 30% a 40% neste ano em relação a 2012. Ele diz que não é possível comparar a procura de um estado para outro, mas que surpreende. “A solicitação já é grande a partir de 2013. A nossa estrutura é superior em termos de Pantanal, somos privilegiados”, diz Gonçalves.

A estrutura do turismo sul-mato-grossense também é ressaltada pelo diretor de Turismo de Bonito, Clayton Castilho Gomes. “A rede hoteleira tem mais de cinco mil leitos, tem mais leitos que Campo Grande. Está bem ampla e dá para atender a todos”, avalia. “Cuiabá ficará superlotada e terá que se hospedar aqui”, prevê Gonçalves.

Pantanal em Mato Grosso do Sul deve receber mais turistas do que Estado vizinho (Foto: Lucimar Couto)Pantanal em Mato Grosso do Sul deve receber mais turistas do que Estado vizinho (Foto: Lucimar Couto)

O diretor de Turismo diz que ações de marketing foram planejadas há pelo menos quatro anos e são desenvolvidas em São Paulo, Rio de Janeiro, e também em Foz do Iguaçu, onde “há entrada muito grande de turistas”.

Conforme a reportagem do jornal Zero Hora, a Secopa (Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo) de Mato Grosso calcula que o Estado receba cerca de 70 mil turistas. Mas segundo a Embratur, Cuiabá aparece na penúltima colocação entre as 12 cidades-sede da Copa perdendo somente para Manaus.

A reportagem do Campo Grande News tentou entrar em contato com o secretário de Turismo de Cuiabá, Marcus Fabrício, para comentar as declarações, mas não houve retorno.



Sou de Campo Grande, mas atualmente estou morando em Cuiabá.... e não é pqe sou de CG, que sou suspeito de falar....Aonde moro, aqui em Cuiaba, fica próximo a futura Arena Pantanal, em torno dela, há umas 3 obras....as 3 estão paralisadas não sei por qual motivo....a Arena esta um CAOS...tudo atrasado e uma correria q só....a CIDADE está um CAOS....Obras começaram tudo em uma "tacada" só....deixando a cidade que ja era..um Inferno!! um conselho... Não venham pra Cuiaba...visitem o interior, há muitas cidades turisticas bonitas..maas Cuiaba...está longe de ser uma!
 
Antonio Carlos Bispo em 09/04/2013 22:39:08
continuando....Liguei para o Prefeito e disse-lhe que poderíamos tirar vantagem disso com muito menos investimento. A ADCG poderia contribuir muito para desenvolver um trabalho com esse objetivo, infelizmente ela foi extinta. Inedependentemente disso, fica o alerta para que façamos, iniciativa pública e privada, um planejamento para aproveitarmos essa oportunidade que temos. Não nos lamentemos, mãos a obra e vamos faturar mais essa.
 
PAULO SALVATORE PONZINI em 05/04/2013 13:19:50
No dia que decidiram pela escolha dos municípios sedes da Copa, o Prefeito Nelsinho Trad, Vereador Vanderlei Cabeludo e outras autoridades reuniram-se para aguardar o resultado. Tão logo foi divulgado e Campo Grande não foi contemplada, foi motivo de muita tristeza, pois haviam se empenhado de corpo e alma para que o fosse. Os apoios do Governador André, Senador Delcídio, dentre outros, foram exemplares. Porém outras variáveis que não só as técnicas foram decisivas na tomada da decisão.
Naquele momento ocupava a direção da ADCG e sabia do trabalho profissional que havíamos feito para demonstrar a viabilidade em sermos escolhidos como sede.
Leite derramado não é para se lamentar, mas buscar oportunidades que poderiam ser tiradas com a não escolha e com a futura realização da Copa no Brasil
 
PAULO SALVATORE PONZINI em 05/04/2013 13:15:02
Por isso digo, MATO GROSSO DO SUL É O MELHOR,mas deixa a copa por lá mesmo,o lucro ficara com MS.
 
Teresa Moura em 05/04/2013 09:53:27
Temos que aproveitar esse “gancho” e explorar, ainda mais, via mídia escrita, falada, televisada e eletrônica. Preparando ainda mais nos receptivos, atendimentos em restaurante, hotéis e centro de informações. Nossas cidades, sobretudo a de potenciais turísticos estão com novas gestões. Penso tratar de executivos competentes e comprometidos com este potencial econômico com reflexo social.
 
JOÃO TRINDADE em 05/04/2013 09:42:37
nem os moradores de Cuiabá, não entende por campo grande perdeu essa!
 
francisco fernandes em 05/04/2013 09:21:49
Com base nos comentários do amigo Arnaldo Leite, após a copa do mundo o slogan deles deverá ser mais ou menos assim: Venham nos visitar e conhecer os elefantes brancos do pantanal matogrossense... Enquanto isso, o Mato Grosso do Sul continuará mostrando os jacarés, os tuiuiús, a garça branca, a faúna, a flora, a comida típica, a Serra da Bodoquena, o pôr-do-sol e o calor humano, característico dessa terra abençoada, afinal, "O Brasil recebe à todos, Mato Grosso do Sul quer você!"
 
Sebastião Rosa em 05/04/2013 09:03:34
todo mundo sabe que antes de sair o resultado das cidades escolhidas p/ sediar os jogos os cuiabanos davam risadas da nossa cidade porque eles ja sabiam que cuiaba seria escolhida o ex-governador Blairo maggi e Ricardo Texeira além de serem parentes são sócios em pousadas na chapada. Eu quero ver eles darem risadas quando começar a copa quem ri por ultimo ri melhor.Obs:na copa da alemanhã antes de começar o mundial três cidades que seriam sede foram eliminadas por atraso nas obras cuiaba que se prepare vai ser um grande fiasco.
 
Reginaldo pereira da silva em 05/04/2013 08:18:01
Mato Grosso do Sul não é só Bonito, o governo tem que implantar novos incentivos para o empreendedor turístico no resto do Estado principalmente no Pantanal Central.
 
Paulenir de Barros em 04/04/2013 20:35:22
Repito de novo que deveriam tentar mudar a sede pantaneira da copa para cá. Acredito que tem jeito sim fazer uma reforma emergencial no Morenão, que tem capacidade suficiente para a Copa; é precário e falta iluminação. No entanto, não precisa ser reconstruido e ainda estamos a 15 meses da copa.
Pelo resto, o aeroporto aqui é mais perto do centro, o transito (embora ruim) melhor organizado que la, e a rede hoteleira maior. Agora que o Ricardo Teixeira não reina mais no CBF (pois foi ele que inviabilizou Campo Grande), com um bom plano o Andre deveria conseguir pegar o osso de volta. Ainda mais com um relatório do TCU sobre a situação em Cuiabá nas mãos...
 
Marcos da Silva em 04/04/2013 19:02:02
Sorte de Campo Grande não ter sido escolhida para sediar a Copa... quem viver, verá!
 
Silvio Braga Novais em 04/04/2013 18:47:31
Retornei ontem do Mato Grosso e fiquei decepcionado com a capacidade de gestão do executivo cuiabano. Das 24 obras financiadas pelo PAC, cerca de 21 estão atrasadas segundo relatório dos auditores do TCU. A cidade está um caos total. Há muita reclamação dos moradores e visitantes. Há receio de que as obras inacabadas, após a Copa, não receberão mais recursos e, restarão os "Elefantes Brancos" para o povo apreciar. Já se fala em contratação emergencial de construtoras (sem licitação), bem ao gosto e jeito dos politicos. Este filme já vimos...
 
Arnaldo Leite em 04/04/2013 18:01:20
Até hoje não acredito que Cuiabá ganhou como sede da Copa no Pantanal. Isso mostra como esse País não é sério. É fato que Campo Grande, na época da escolha, tinha mais preparo e espaço. Por exemplo, Cuiabá fica em um buraco, não tem para onde crescer, próva disto é o número da população. Campo Grande está no Estado com 80% da área do Pantanal, contra 20% em MT.
 
Emerson Camargo em 04/04/2013 17:31:53
Chupa essa manga!
 
Raul Santos em 04/04/2013 17:18:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions