A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


28/12/2017 06:00

A nova padroeira de MS e a controvérsia

Anahi Zurutuza

Nomeação polêmica – Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, santa que dá nome a um das igrejas mais frequentadas de Campo Grande, foi elevada a padroeira de Mato Grosso do Sul, mas a escolha continua dando polêmica. O projeto de autoria do deputado estadual Paulo Siufi (PMDB) e 15 parlamentares coautores foi sancionado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) nesta quarta-feira (27).

#Nãomerepresenta – Os indignados tornaram públicas as críticas contra a nomeação. “Só de exemplo, aqui em Corumbá temos Nossa Senhora do Carmo, Nossa Senhora do Auxiliadora. Em Ladário, Nossa Senhora dos Remédios”, diz a frase de um corumbaense nas redes sociais.

#Nemamim – No Facebook, outra pessoa emendou. “Nenhum dos símbolos representa meu sentimento sul-mato-grossense. O que vi nos três foi apenas: Campo Grande”, citou sobre a elevação de Perpétuo Socorro e a escolha da viola caipira como instrumento e a guavira como o fruto de MS.

Desde sempre – Desde quando tramitava na Assembleia o projeto causava controvérsia. Houve parlamentar que disse que não faria oposição, embora achasse que a proposta deveria partir da Igreja Católica e não do Legislativo.

Emoção - O deputado Junior Mochi (PMDB) se emocionou durante a solenidade de sanção da lei da padroeira. Ele lembrou que sua mãe é devota e que ele se esforçou muito no Legislativo para conseguir aprovar a matéria. “Há quatro anos não consegui e agora com muita dificuldade foi aprovada. Não foi fácil, por isso os devotos e toda igreja devem comemorar”.

Lembrança – A morte do ex-governador “estrela de Mato Grosso do Sul”, Pedro Pedrossian, foi lembrada na retrospectiva 2017 do G1, o portal de notícias da Globo, como uma das perdas que marcaram 2017.

Cercado por celebridades – Pedrossian aparece na lista que contém outras personalidades brasileiras e estrangeiras. No rol, também são lembradas, por exemplo, as mortes do ministro Teori Zavascki, vítima de acidente aéreo, de Marisa Letícia, a ex-primeira-dama do Brasil e mulher de Lula (PT), da atriz Márcia Cabrita e do cantor Belchior.

Pelos bebês - A partir do ano que vem, toda a semana na qual cair o dia 25 de agosto será usada para celebração da Semana Estadual do Bebê. A proposta, aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo governo estadual, prevê ações em prol a redução da mortalidade infantil e melhoria da qualidade de vida de crianças de zero a 6 anos e o fim da exclusão social decorrente da gravidez precoce.

Maio Laranja - Alguns meses antes, o Estado terá o Maio Laranja, também criado por lei estadual prevendo medidas de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Também aprovada pela Assembleia Legislativa, a lei instituindo a data cobra a realização de atividades de conscientização, prevenção, orientação e combate à prática.

‘Sem  teto’ – Os planos da Procuradoria da República em Mato Grosso do Sul de erguer sede própria deve ter de ser adiado. O desembolso dos recursos para várias áreas foi limitado pela procuradora-geral Raquel Dodge, conforme publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira. Na lista, consta a construção do prédio em Campo Grande no valor de R$ 3,2 milhões.

(Colaboraram Marta Ferreira, Humberto Marques, Leonardo Rocha, Paulo Nonato de Souza e Kleber Clajus)

Os presos da Lama Asfáltica em números
1 mês – Nesta segunda-feira (19), o ex-governador André Puccinelli (MDB), o filho dele André Puccinelli Júnior e o advogado João Paulo Calves complet...
Rotatória da Coca-Cola e a falta de educação
Boca-suja– O diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Janine de Lima Bruno, contou nesta semana que mudanças na confluência ent...
MDB teve divisões sobre Mochi candidato
Opinião – O deputado Eduardo Rocha (MDB) admite que a escolha de Junior Mochi para candidato na legenda não teve consenso desde o início, após a desi...
Senador critica "descaso" com Paraguai
Vizinho desprestigiado – O ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, e o senador Pedro Chaves (PRB/MS) foram os dois únicos representantes de ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions