ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  23    CAMPO GRANDE 31º

Jogo Aberto

Capital tem bairro "ilhado" sem nenhum caso de covid

Por Anahi Zurutuza | 11/08/2020 06:00
Morada do Sol, na ponta debaixo do mapa, é o único bairro da Capital sem nenhum caso de covid-19 até agora (Foto: Reprodução)
Morada do Sol, na ponta debaixo do mapa, é o único bairro da Capital sem nenhum caso de covid-19 até agora (Foto: Reprodução)

Só 1 bairro – Até o dia 1º de agosto, Campo Grande tinha dois bairros “livres” do coronavírus. No mapa da Capital quase todo pintado, indicando que o novo vírus já infectou moradores, o Morada do Sol e o Chácara dos Poderes não tinham nenhum pontinho vermelho. Passado menos de 10 dias, só um deles restou “imune”.

Ilhado – Moradores do loteamento de chácaras nos fundos do Los Angeles, no extremo sul da Capital, até agora foram poupados. Em todos os outros do entorno, Moreninhas, Centro-Oeste, Los Angeles e Lageado, há vários casos confirmados.

Grave - A professora Thie Higuchi Viegas está internada na UTI da Cassems, em Campo Grande, por conta da covid-19. Secretaria de administração no governo André Puccinelli, ela deu entrada no dia 21 de julho, e está entubada.

Mais um – Além do vereador Vinícius Siqueira (PSL) e do CDDH (Centro de Defesa dos Direitos Humanos Marçal de Souza), agora a ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) é quem quer ser parte da ação proposta pela Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul para obrigar a Prefeitura de Campo Grande a decretar lockdown.

Contra – A entidade, que diz representar 8 mil comerciantes, é contra a paralisação das atividades econômicas para frear a pandemia. “A ACICG adverte que o bloqueio total do comércio e serviços terá efeitos devastadores à economia da Capital”, manifestou.

Novo juiz – A petição entrou no início da noite de ontem e assim como a decisão sobre fechar tudo ou não, o deferimento do pedido da entidade está nas mãos do juiz Ariovaldo Nantes Correa.

Negado - Até sexta-feira passada, quem conduzia o processo era o juiz José Henrique Neiva, que negou a solicitação do CDDH. Para o magistrado, Defensoria e MP já agem em defesa dos direitos humanos no processo.

Desmarcada – A perícia psiquiátrica pela qual Yasmin Natacha Gonçalves Carvalho, filha de Cleber de Souza Carvalho, 43 anos, que ficou conhecido como “Pedreiro Assassino”, foi desmarcada. Presa em Corumbá, Yasmin, acusada de ser cúmplice do pai em um dos 7 assassinatos confessados por ele, não foi trazida para a Capital e juiz pediu nova data para o exame.

Música nova – O compositor Renato Teixeira anunciou para a próxima sexta-feira (14) o lançamento de clipe e música nova em todas as plataformas digitais. No Facebook, ele recebeu os cumprimentos do eterno parceiro, o sul-mato-grossense Almir Sater, e também de Michel Teló.

Reflexão - “Humanos são todos iguais”, segundo o próprio compositor, é uma reflexão sobre a vida na terra em tempos de pandemia e tragédias.