ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 31º

Jogo Aberto

Marquinhos volta à ativa nas redes sociais, bem enigmático

Por Caroline Maldonado e Jackeline Oliveira | 24/01/2024 06:00
Marquinhos sob a sombra de uma plameira em publicação nas redes sociais.
Marquinhos sob a sombra de uma plameira em publicação nas redes sociais.

Eu voltei! - O ex-prefeito Marquinhos Trad (PSD) anunciou nos stories das redes sociais que vai voltar a movimentar o feed. Sua última postagem havia sido no dia 1⁰ de janeiro, sobre jogo de futevôlei, durante as férias. Na publicação desta terça-feira (23), sob a sombra de uma palmeira, ele escreveu sobre relembrar o passado e pensar no que vem pela frente, sem maiores detalhes. "A  paz da natureza nos faz relembrar momentos e planejar futuro", postou. Será que vem candidatura por aí?

Nem que sim, nem que não - Mas apesar de se mostrar mais disposto a compartilhar insights nas redes sociais, por vezes citando resiliência, Marquinhos não fala em candidatura. Questionado se pode concorrer nas eleições deste ano, seja ao cargo de prefeito ou de vereador, o ex-prefeito diz que está discutindo com os amigos e aliados e não há o que dizer sobre, nem que sim, nem que não.

Recebidos - Enquanto não se decide, o ex-prefeito aproveita para fazer propaganda no Instagram, mas não da política. A publicidade de ontem foi no estilo "recebidos", comum entre blogueiros. Falou do pudim de leite preparado por uma amiga. No vídeo postado nas redes sociais, ele divulga o endereço da doceira e garante que o pudim é tão gostoso quanto da "saudosa" mãe dele.

Timóteo - Outro enigmático neste período de recesso é o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Carlos Augusto Borges (PSB), o Carlão. Como tudo nas redes sociais parece indireta, alguém pode ter vestido a carapuça com a citação de Timóteo, postada pelo vereador. "Pois Deus não nos deu um espírito de covardia, mas de poder, de amor e de domínio próprio"

Se o capitão mandar...Bolsonaristas estão dispostos a apoiar a prefeita Adriane Lopes (PP) na briga pela reeleição, caso o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) assim mandar. O apoio deve ser discutido durante visita de Bolsonaro à Capital, que deve ocorrer no dia 24 de fevereiro, em evento de filiação do PL (Partido Liberal). Michele Bolsonaro, presidente do PL Mulher, também virá a Campo Grande.

Na labuta - E a prefeita parece bem animada no caminho da reeleição. Até abrir porta de caminhão com carregamento de uniformes está na agenda de Adriane Lopes. Ela também vive interagindo com os seguidores, às vezes, com enquetes. Nesta semana, uma das pergunta veio tarde da noite: "A segunda ainda não acabou por aqui. E aí?"

Correria - Com agenda lotada, a prefeita se divide entre lançamentos, inaugurações e conversas com companheiros da política, até de fora de Mato Grosso do Sul. Na terça-feira, a conversa foi no gabinete foi com o  ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros (PP), que administrou o município de 2005 a 2012.

Transparência - O Portal Mais Obras, que exibe o andamento de diversas obras de Campo Grande, está bem desatualizado. Projeto da Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) do Bairro Oliveira III, por exemplo, que começou há 11 anos, ainda não consta no site. A construção vai ser retomada por R$ 2,2 milhões e o contrato já está fechado. É mais uma das 13 obras de creches que a prefeitura trabalha para entregar até dezembro deste ano.

Uma gestação - Já a reforma na UPA Vila Almeida na Capital, que começou com contrato firmado há um ano, deveria ser entregue em dezembro de 2023, mas a inauguração foi prorrogada pela segunda vez. Agora serão mais mais nove meses. O investimento é de R$ 2,1 milhões. O fim da obra ficou previsto para 28 de setembro.

Representatividade - O CMDDI-CG (Conselho Municipal dos Direitos e Defesas dos Povos Indígenas) voltou atrás e tornou sem efeito o edital para eleição de seus representantes. O período de inscrições para as eleições começou na quinta-feira (18) e iria até o dia 31 de janeiro, mas a nova deliberação foi publicada na edição desta segunda-feira (22) do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande).

Nos siga no Google Notícias