A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


30/05/2016 06:00

Na véspera de denúncia, investigados não dormem

Priscilla Peres

Desfecho – A Operação CoffeeBreak, que investigou o suposto esquema para a cassação do prefeito Alcides Bernal (PP), articulado por empresários, ex-políticos e vereadores, caminha para um desfecho. A denúncia feita pelo Gaeco (Grupo de Atuação e Repressão ao Crime Organizado) deve ser apresentada nesta terça-feira ao TJMS (Tribunal de Justiça) pela PGJ (Procuradoria-Geral de Justiça).

 

Bomba relógio – O resultado dos trabalhos de investigação tem tirado o sono de muita gente, principalmente de políticos citados como agentes atuantes na trama para cassar o mandato de Bernal. 17 pessoas devem ser incriminadas por participar de forma atuante no esquema de propinas e compra de votos na Câmara de Campo Grande para tal finalidade. Bernal foi cassado no dia 12 de março de 2014.

Surpresas – Inicialmente, 23 pessoas foram citadas no relatório do Gaeco. Entretanto, esse número pode ser maior e a denúncia deve conter nomes que ainda não tinham figurado nas investigações. Durante a Operação Coffee Break, em 25 de agosto do ano passado, 13 pessoas foram conduzidos coercitivamente para prestar depoimento ao Gaeco e 17 celulares foram apreendidos para serem periciados no IC (Instituto de Criminalística).

Dúvida - A pré-candidata a prefeitura e atual vice-governadora Rose Modesto (PSDB), voltou a falar sobre seu eventual candidato a vice. Novamente defendeu uma pesquisa junto a população, para que se defina o perfil do escolhido, além de revelar que o nome não sairá na próxima semana, ficando para o começo de julho, próximos das convenções partidárias.

Em negociação - Rose também não quis cravar se o seu candidato a vice será de um partido aliado ou em uma eventual dobradinha, como ocorreu em 2014. Ela disse que neste momento conversa com muitos partidos e quer buscar parcerias na eleição, mas que o momento exige “diálogo” e “cautela” da sua equipe.

Crítica - A vice-governadora voltou a dizer a citar que saúde básica em Campo Grande, é responsabilidade da prefeitura municipal e que a grande demanda na Capital, mostrou que a situação estava deficitária. Ainda indicou o Hospital Regional que atende muitos casos, que deveria ser dos postos de saúde. Esta crítica está ficando frequente no governo estadual.

Na rede - O ex-deputado estadual Raul Freixes, teve uma foto de partes íntimas divulgada em sua página no Facebook neste fim de semana. Em pouco tempo a imagem viralizou nas mídias sociais, principalmente entre os moradores de Aquidauana, onde ele já foi prefeito. Pouco tempo depois, ele apagou a foto e fez um post dizendo que se sentia triste com a “índole perversa” de alguém que invadiu sua privacidade.

Protesto - Um grupo promete protestar na tarde de hoje, contra a falta de vacina para a gripe em Campo Grande. Com medo da epidemia de H1N1 que já resulta em várias mortes, os participantes do grupo no Facebook, que convida para a manifestação, pedem uma conversa com o prefeito e o “direito garantido”.

Quem é vivo - Nove meses depois de ser afastado da prefeitura de Campo Grande, o ex-prefeito Gilmar Olarte (PROS) apareceu para a imprensa na semana passada. Dessa vez, para se defender das denúncias de seu ex-aliado Ronan Feitosa, feitas em carta que foi entregue ao Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado).

Sempre aparece - Ao ligar na redação do Campo Grande News para dar entrevista, Olarte contou que há nove meses sem receber salário de vice-prefeito, devido ao afastamento do cargo, ele sobrevive trabalhando como contador e sua esposa como comerciante. Além disso, mantém o trabalho como pastor.

(Com a redação)

DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions