A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


22/11/2014 07:00

Reforma define dois nomes fortes no primeiro escalão da prefeitura

Edivaldo Bitencourt

Sinalização – A equipe de transição continua definindo os interlocutores em cada área que podem assumir cargos no governo tucano. O jornalista Bosco Martins, que é da do PSD, pode voltar a comandar a TV e rádio estatal.

Cultura – O ex-vereador e presidente regional do PPS, Athayde Nery, foi escalado para a Fundação Estadual de Cultura. No entanto, o nome do dirigente enfrente resistência na classe artística para assumir o comando da área cultural e suceder Américo Calheiros.

Coringa – Já o atual presidente municipal do PSDB, Carlos Alberto Assis, ficou responsável por dois órgãos: Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e Fundesporte (Fundação Municipal de Desportos). Neste caso, persiste a dúvida sobre qual órgão ficará sobre seu comando no novo governo.

Conselho – O governador André Puccinelli (PMDB) foi claro no recado aos deputados estaduais da sigla. Ele disse que não devem pedir nem indicar ninguém para ocupar cargos no primeiro escalão. No entanto, o apoio à administração de Reinaldo Azambuja (PSDB) está garantido, no início.

Caridade – Devota de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, a presidente do Instituto Municipal de Previdência, Lilliam Maksoud, fez questão de doar 200 quilos de alimentos para o santuário da santa na Capital. Ela pegou um terço dos 600 quilos arrecadados durante a Corrida do Servidor. A igreja distribuiu os alimentos entre nove instituições.

Acorda Ribas – Revoltados com a farra com as diárias, os moradores de Ribas do Rio Pardo prometem “acordar” a cidade contra a corrupção. O protesto contra os vereadores acontecerá na terça-feira. Dos nove vereadores do município, sete foram afastados pela Justiça.

Controvérsias – A utilização de armas pela Guarda Municipal ainda deve causar muita polêmica. A prisão de um policial militar pelos agentes municipais na semana passada será acompanhada pela Comissão de Direitos Humanos da OAB/MS.

Mudança – Olarte confirmou, ontem, a exoneração de João Alberto Borges dos Santos da Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano). Substituído por Heitor Pereira de Oliveira, ele preferiu a aposentadoria a continuar como adjunto na pasta.

Reforma – A reforma no primeiro escalão deve continuar nos próximos dias. No cargo há oito meses, o prefeito deve substituir o secretário municipal de Receita, Ricardo Vieira Dias. A pasta pode ser anexada à Secretaria de Planejamento, sob o comando de André Scaff.

Fortes – Dois nomes ganham força com a mudança no primeiro escalão de Olarte. O primeiro é Valtemir Brito, o Caco, que comanda a "poderosa" Secretaria de Obras e continua acumulando a chefia de Gabinete. O outro é Scaff, que pode ganhar ao status de supersecretário com a união das secretarias de Receita e Planejamento.

(colaborou Leonardo Rocha e Ludyney Moura)

PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...
Assembleia agora tem 8 "independentes"
Mais uma – Depois de votar com o governo por três anos e meio, a deputada estadual Grazielle Machado(PSD) anunciou que agora será “independente”, ass...
Quórum é motivo de "gracinha" na Assembleia
Presentes! Depois de três episódios neste ano de falta de quórum para votar projetos, o tema virou até motivo de puxada de orelha em tom de brincadei...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions