ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 28º

Jogo Aberto

Simone entra no elenco de "De Volta para o Futuro"

Por Ângela Kempfer | 09/12/2023 07:00
Mercadante, Alckmin, Lula e Simone na versão do pôster do filme que fez sucesso nos anos 80. 
Mercadante, Alckmin, Lula e Simone na versão do pôster do filme que fez sucesso nos anos 80.

Vintage - São décadas falando de integração regional, meta retomada agora pelo governo federal. E a fase foi resumida pelo vice-presidente Geraldo Alckimin com pôster vintage do filme "De Volta para o Futuro". Na versão nacional, o elenco tem a ministra do Planejamento, Simone Tebet, ao lado do presidente Lula, do próprio Alckimin e do presidente do BNDES, Aluísio Mercadante. "Vamos investir R$ 50 bilhões em infraestrutura, para aproximar pessoas e mercados", reforçou o vice.

Pedra no sapato - Três senadores de Mato Grosso do Sul estão na lista das “pedras no caminho” do ministro Flávio Dino, rumo à vaga no STF (Supremo Tribunal Federal). A relação dos 9 nomes que dizem estar na dúvida sobre como vão votar sobre a indicação dele tem Nelsinho Trad (PSD) e Soraya Thronicke (Podemos). A terceira parlamentar sul-mato-grossense que segue como dúvida é Tereza Cristina. Ela entrou na relação dos 16 que não disseram nem sim nem não para Dino. O levantamento foi feito pelo jornal O Globo.

Fiel escudeira - A prefeita Adriane Lopes (PP) segue firme ao lado de sua principal cabo eleitoral na briga pela prefeitura de Campo Grande. Conseguiu levar a senadora Tereza Cristina até os Altos da Afonso Pena, para visitar a Cidade de Natal, na noite de quinta-feira. Sorridente, Tereza distribuiu até balões para a garotada. A noite terminou na confraternização de fim de ano dos Progressistas.

Gauchada – Grupo de cinco representantes do Centro de Tradições Gaúchas Tropeiros da Querência foi até a Assembleia Legislativa pedir apoio para projeto de valorização da comunidade. Eles querem garantir ao CTG o status de utilidade pública, para isenção de impostos. Mas precisam de aprovação do Legislativo.

Gateiro - O vereador José Jacinto Luna Neto, o Zé da Farmácia (Podemos), poderia facilmente ser chamado de Zé Gateiro. Há quatro anos ele adotou a primeira gata resgatada da rua, que chama Bruna. De lá pra cá são 59 felinos ocupando a residência. "Acordo todos os dias às 4h30 para fazer a limpeza do quintal. Sei o nome de cada um", disse oferecendo dois filhotes que jogaram recentemente em frente a sua casa, que ele apelidou de Romeu e Julieta.

Precavido - Apesar dos diversos felinos rodeando, ele nunca tem um pelo de gato na roupa e usa até camisa escura sem medo, o que é impossível para quem tem um pet que solta muito pelo. O segredinho, diz ele, é andar preparado. "No carro eu ando com aqueles rolinhos que passam na roupa, ninguém nem imagina".

Gerações -  O tempo passou e o ex-prefeito Marquinhos Trad anda nostálgico. Nas redes sociais postou fotos da filha e da neta, uma a cara da outra, para lembrar de como os anos correm. “A vida é um piscar de olhos… ontem ( 1993) formatura da minha filha Andressa e ontem (2023) formatura da minha neta Lara!”

Saudade - O irmão, ex-deputado federal Fábio Trad, também lembrou da velocidade do tempo nesta semana. No dia 7, homenageou o pai, Nelson Trad, que morreu há 12 anos, também em uma quinta-feira. “Em 2011... vi meu pai, sereno, no caixão. Fiquei ao lado dele por 6 horas rememorando a nossa amizade ao longo dos 42 anos de convivência que tivemos. Infância, adolescência, juventude e maturidade passaram como um filme enquanto refletia olhando o seu rosto reclinado em meio às flores que o rodeavam.”

Clima de nostalgia - A ministra Simone Tebet foi outra a lembrar do pai, mas ao comemorar que há 8 anos ela assumia o mandato de senadora por Mato Grosso do Sul, inspirada em Ramez Tebet. “Ao longo do nosso mandato, tive grandes alegrias e importantes vitórias, mas infelizmente vi muitos retrocessos no país”, avaliou ao fazer uma lista enorme, mas que incluiu também conquistas desse tempo, como ser a primeira mulher presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, além das luta pela candidatura à presidência nacional do MDB e depois na disputa pela presidência da República.

Plantando direitos - O assunto sempre causa polêmica e quem defende sabe a importância de defender a bandeira. Então, o Dia Internacional dos Direitos Humanos não vai passar batido em Campo Grande. No domingo, serão plantadas 75 árvores pelos 75 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Segundo os organizadores da ação, nunca foi tão necessário comemorar o dia 10 de Dezembro. Nesses tempos em que situações de violências e agressões à dignidade das pessoas se repetem todos os dias e de diferentes formas, não podemos deixar esta data passar sem reafirmarmos nosso compromisso com a promoção dos direitos fundamentais das pessoas e a defesa da vida com dignidade de todos e todas”. O evento está marcado para 9h, na Avenida Ministro João Arinos, bairro Cidade Jardim.

Nos siga no Google Notícias