A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Outubro de 2019

27/02/2018 08:01

Com desabafo de professores, documentário fala de homossexualidade e educação

O lançamento de "Eu não ando só" é hoje (27), às 19h, na UFMS

Thailla Torres
A trajetória de cada um deles é contada em depoimentos que dialogam sobre educação, política, afeto, discriminação, família, carreira, desejo, identidade...A trajetória de cada um deles é contada em depoimentos que dialogam sobre educação, política, afeto, discriminação, família, carreira, desejo, identidade...

Um grupo de professores se reúne para falar do que há em comum: afeto, visibilidade, reconhecimento e discriminação. A experiência está no documentário “Eu não ando só”, lançado hoje, às 19h, na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Dirigido por Mara Silvestre, com o apoio do Núcleo de Estudos Néstor Perlongher, Grupo de Pesquisa em Gênero, Sexualidade e Diferenças e do Universo Dialógico, a intenção é provocar reflexões e sensibilizar o público com a trajetória de 8 professores universitários. Em comum, eles têm a homossexualidade e o fato de serem docentes de diferentes áreas da universidade.

A trajetória de cada um deles é contada em depoimentos que dialogam sobre educação, política, afeto, discriminação, família, carreira, desejo, identidade e outros temas que compõem as diferentes experiências de vida desses professores. Eles são doutores em diferentes áreas do conhecimento, com formação em instituições de várias regiões do país e estão em diferentes momentos de suas carreiras.

O lançamento é nesta terça-feira (27) às 19h no auditório da FAALC (antigo CCHS) na UFMS

Confira abaixo o teaser de "Eu não ando só".

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.