ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  22    CAMPO GRANDE 32º

Artes

Grande figura do rock sul-mato-grossense, Ernani de Almeida morre aos 60 anos

Por Ângela Kempfer | 12/12/2013 14:39
Ernani tinha 60 anos e morreu na tarde desta quinta-feira.
Ernani tinha 60 anos e morreu na tarde desta quinta-feira.

Um dos roqueiros mais relevantes para a música sul-mato-grossense , Ernani de Almeida, morreu na tarde de hoje em Campo Grande, vítima de infarto.

Aos 60 anos, ele era considerado um dos maiores incentivadores das bandas de rock no Estado. Foi pioneiro em quase tudo no que diz respeito ao gênero aqui na cidade. Criou os primeiros programas com repertório exclusivamente roqueiro, com o “Capital Rock”, na FM Capital, e depois o "Templo do Rock", na FM Educativa.

Na memória cultural da cidade, a principal marca do roqueiro grandão, de quase 2 metros de altura e mais de 140 quilos, foi o Chácara Bar, também o primeiro bar temático a cultuar o som da guitarra e da bateria, aberto em 89, na rua 15 de Novembro.

Ernani também promoveu vários eventos para os roqueiros, usando o Horto Florestal como palco para o lançamento de novas bandas. Agora, o filho Ernani Júnior continua o legado do pai, como baterista do Bando do Velho Jack e da banda Hollywood Cowboys.

Outra paixão de Ernani era a cozinha, por isso também nunca viveu longe da gastronomia. Ultimamente, tocava uma pizzaria, também com o rock como trilha sonora principal.

A família ainda não informou o local do velório ou do sepultamento.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário