A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

20/06/2017 09:40

Mostra de Cinema Japonês é dica para celebrar 109 anos de imigração japonesa

Programação traz títulos premiados de diferentes gêneros e estilos; entrada é gratuita

Eduardo Fregatto
A Partida abre a mostra contando história violoncelista que precisa trabalhar como agente funerário."A Partida" abre a mostra contando história violoncelista que precisa trabalhar como agente funerário.

Este ano, comemora-se 109 anos de imigração japonesa no Brasil. Em Campo Grande, são mais de 13 mil descendentes de imigrantes que firmaram as raízes no município e a transformaram na terra natal. Para celebrar a data e a cultura japonesa, a dica é conferir a Mostra de Cinema Japonês, que começa hoje e segue com programação até sexta-feira (23), no Museu da Imagem e do Som, (MIS), unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, terceiro andar.

A Mostra conta com a curadoria do engenheiro e cinéfilo Celso Higa, e está em sua sétima edição. As exibições incluem quatro filmes, dois clássicos e dois contemporâneos, sempre às 19h, no MIS, com entrada franca. Os filmes a serem exibidos são “A Partida” (2008), de Yojiro Takita; “Rebelião” (1967), de Masaki Kobayashi; “Nossa irmã mais nova” (1915), de Hirokazu Kore-eda, e “Kwaidan – As quatro faces do medo” (1964), de Masaki Kobayashi.

Rebelião, uma história de busca por justiça."Rebelião", uma história de busca por justiça.
Nossa Irmã Mais Nova é um drama familiar."Nossa Irmã Mais Nova" é um drama familiar.

Confira a programação e sinopses dos filmes:

Hoje (20/06)

A PARTIDA (Okuribito), de Yojiro Takita – 2008

Vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro em 2009, narra a história de jovem violoncelista desempregado começa a trabalhar como “nokanshi”, uma espécie de agente funerário, responsável por preparar o corpo, coloca-lo no caixão e enviar a pessoa que morreu para o outro mundo, agindo como um guardião entre a vida e a morte.

Amanhã (21/06)

REBELIÃO (Jôi-uchi: Hairyo tsuma shimatsu), de Masaki Kobayashi – 1967

Em 1725, samurai exemplar se revolta quando sua nora é capturada e aprisionada pelo senhor feudal do seu clã.

Quinta-Feira (22/06)

NOSSA IRMÃ MAIS NOVA (Umimachi Diary), de Hirokazu Kore-eda – 2015

Três irmãs vivem em Kamakura na casa que pertence à família há anos. Quando o pai delas, ausente nos últimos 15 anos, falece, elas vão ao funeral e conhecem a sua irmã Suzu, uma tímida adolescente. 

Sexta-Feira (23/06)

KWAIDAN – AS QUATRO FACES DO MEDO (Kwaidan), de Masaki Kobayashi – 1964

Adaptação de quatro lendas tradicionais do terror japonês: “Cabelos negros”, “A mulher da neve”, “Hoichi, o sem orelhas” e “Uma xícara de chá”. O impressionante uso da cor, cenários elaborados, sons assustadores e personagens de natureza mística transformaram-no num clássico do cinema fantástico.

Curta o Lado B no Facebook.

Kwaidan - As Quatro Faces do Medo é um filme que aborda o fantástico."Kwaidan - As Quatro Faces do Medo" é um filme que aborda o fantástico.
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.