ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  11    CAMPO GRANDE 16º

Artes

Vulva e útero viram obra de arte para Thalya mostrar poder feminino

Em ilustrações, tatuagens e esculturas, Thalya encontrou jeitinho de celebrar a vulva e útero longe dos tabus

Por Thailla Torres | 08/07/2020 07:20
Até o spray utilizado para grafite é personalizado com vulva. (Foto: Arquivo Pessoal)
Até o spray utilizado para grafite é personalizado com vulva. (Foto: Arquivo Pessoal)

A campo-grandense Thalya Palhares acredita e sabe do poder do corpo feminino e, por conta disso, criou uma coleção de ilustrações, esculturas e estudos de tatuagens que celebram a vulva e o útero, em diferentes formas, tamanhos e cores.

“Sempre desenhei mulheres e, a partir do momento que eu tive conhecimento sobre a causa feminina, via que a vagina era vista como um tabu, as pessoas, inclusive, mulheres, sentem vergonha em falar sobre isso”. explica.

Escultura de útero colorida e personalizada. (Foto: Arquivo Pessoal)
Escultura de útero colorida e personalizada. (Foto: Arquivo Pessoal)
Thalya também faz estudos para tatuagens.
Thalya também faz estudos para tatuagens.
Ideia é que pessoas passem a aceitar e respeitar seus corpos. (Foto: Arquivo Pessoal)
Ideia é que pessoas passem a aceitar e respeitar seus corpos. (Foto: Arquivo Pessoal)

Expostas em sua página do Instagram, quase todas as obras são coloridas e divertidas. “Eu sempre faço cores mais viajadas, meio alienígenas, psicodélicas, e estou sempre seguindo essas dicas. Mas, claro, tudo voltado a um sentimento forte sobre o feminino”.

Sempre acompanhadas de legendas que enfatizam o feminino, a ilustradora espera que, de alguma maneira, sua arte possa contribuir para que as pessoas olhem diferente para seus corpos, de preferência, com amor.

“Ano passado eu descobri que eu tenho um problema no útero, endometriose, e isso só me deixou motivada a falar o que estava me ferindo por dentro. Foi a maneira que encontrei de falar e refletir sobre o nosso corpo sem receios.   E para isso não é necessário sexualizar a vulva e o útero, é entender através da arte que o temos é bonito, é da mulher, é a essência da mulher, da mulher que gera, que cria, que vive”.

Thalya tatuando em estúdio de Campo Grande. (Foto: Arquivo Pessoal)
Thalya tatuando em estúdio de Campo Grande. (Foto: Arquivo Pessoal)

Thalya faz ilustrações há seis anos, sempre curtiu desenhar meninas, mulheres e detalhes que falassem sobre o feminino. “Também sempre tentei me passar para esses desenhos como forma de descarrego. Sofri depressão e passei a expor muito do que eu sentia nos meus desenhos, assim, essas meninas foram crescendo da forma que eu cresci e muitas pessoas se identificavam”.

Além dos desenhos, Thalya criou uma marca de camisetas com as figuras femininas. “Levo para as roupas uma mulher que está sempre crescendo. E isso mostra que de um sentimento você pode criar algo e fazer com que sua arte contagie pessoas”.

Você pode comprar ou conhecer mais do trabalho de Thalya pelo Instagram @Thalyapalhares_

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563. 

Coleção de roupas com ilutrações da artista campo-grandense. (Foto: Arquivo Pessoal)
Coleção de roupas com ilutrações da artista campo-grandense. (Foto: Arquivo Pessoal)