A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

19/10/2018 09:40

Chega de make fofinha: halloween é para assustar como Freddy Krueger e A Freira

Pra quem gosta de realmente entrar no clima da festa, opções aterrorizantes são fáceis de reproduzir em casa

Thaís Pimenta
Flora Lira é modelo que topou a trransformação de ficar mais feia depois da maquiagem artística, tudo pela arte! (Foto: Thaís Pimenta)Flora Lira é modelo que topou a trransformação de ficar mais feia depois da maquiagem artística, tudo pela arte! (Foto: Thaís Pimenta)

Ela aterrorizou a galera no filme "Invocação do Mal 2" e está em cartaz num longa metragem só seu, da Warner Bros, que inclusive leva o nome da personagem como título: "A Freira". A demoníaca versão de uma freira católica,  interpretada pela atriz Bonnie Aarons, ganhou um toque regional pelas mãos talentosas da maquiadora Palmira Nogueira, especialista em maquiagem artística aqui em Campo Grande. A modelo cedeu a outra metade de seu rosto para dar espaço ao atormentado Freddy Krueger, que com certeza vai aparecer nos pesadelos dos leitores do Lado B que lerem a esta matéria.

Gastando pouco e adaptando os produtos com o que qualquer pessoa tem em casa, Palmira optou por, por exemplo, usar uma misturinha de gelatina incolor sem sabor, com água morna e glicerina, para imitar a pele queimada de Freddy Krueger. "Para a mistura dar certo usamos um pacotinho de 12g de gelatina, uma colher de sopa de glicerina, dessas que encontra em farmácia mesmo, e outras duas de água morna. Você vai mexer bem rápido até dissolver toda a gelatina, e então aplicar no rosto com o auxílio de uma espátula", explica.

Antes de aplicar qualquer maquiagem, mesmo a artística, é importante limpar bem o rosto. A misturinha cede no rosto, como se colasse mesmo, e para proteção dos pelos da sobrancelha da modelo Flora Lira, a dica da maquiadora é usar vaselina.

Mistura para a pele é simples de fazer. (Foto: Thaís Pimenta)Mistura para a pele é simples de fazer. (Foto: Thaís Pimenta)
Processo de aplicação é um tanto nojento. (foto: Thaís Pimenta)Processo de aplicação é um tanto nojento. (foto: Thaís Pimenta)

O processo de aplicação é um tanto nojento, afinal, a intenção é imitar uma pele recém queimada e no final o resultado é ainda pior! A gelatina sozinha passa um aspecto translúcido à pele, então Palmira aplicou uma base do toma de Flora para que a gelatina realmente se confundisse com a pele natural da modelo. 

A partir daí a pele está feita e as finalizações são feitas com tinta clown nos tons vermelho, amarelo e preto. "Essa tintas são aquelas usadas pelos palhaços mesmo, para pintarem seus rostos. É o que eu indico porque o tempo de duração na make, por menor que seja, é o melhor das opções, e o preço dela é bem em conta", explica Palmira, que vai usar a tinta branca para compor a make da outra personagem. 

Nas áreas mais profundas que a gelatina criou, ela aplica mais tinta vermelha e preta e, em pontos específicos, joga um pouco de amarelo para dar o aspecto pútrido, podre. "A minha dica aqui é misturar essas tinturas clown em uma superfície que possa sujar. Eu dou uma clareada nos tons coloridos com a base para rosto. E é essa misturinha que eu vou aplicando na pele para dar a impressão de profundidade".

Nas pálpebras, Palmira pinta com a mesma mistura de tinta vermelha e base os olhos de Flora e o resultado é arrematado com um composto que imita sangue, vendido separadamente nas lojas de artigos para fantasias. Ela também usou o mesma produto que imita uma pele queimada, no tom preto, e foi pingando pouco a pouco até dar um efeito mais nojento e sangrento à make.

Mistura é feita com a base para a tinta ficar um pouco mais clara. Mistura é feita com a base para a tinta ficar um pouco mais clara.
Ela pinta as pálpebras com a mistura da tinta com a base. (foto: Thaís Pimenta)Ela pinta as pálpebras com a mistura da tinta com a base. (foto: Thaís Pimenta)
Com os dois produtos, imitando sangue e pele queimada, finaliza a make. Com os dois produtos, imitando sangue e pele queimada, finaliza a make.
Aspecto final fica assim, depois de finalizado. Aspecto final fica assim, depois de finalizado.

Para o lado da Freira, os produtos usados são o clown branco, preto, uma sombra preta fosca e cinza escura, um óleo de coco ou o óleo para beleza que tiver em casa, um delineador preto e um talco. Parece louco né? O truque aqui fica por conta do contorno e, quem sabe bem da técnica, se sairá bem nessa.

"Eu começo preparando a pele com o clown branco, com um pincel, porque deixa o acabamento melhor. Depois, com o dedo mesmo ou com um pincel pra sombra você aplicar o delineador em toda a pálpebra inferior e superior, chegando até ás sobrancelhas. Para finalizar os olhos eu aplico sombra preta fosca em cima do delineador", explica Palmira.

Antes de continuar, Palmira "sela" a pele de Flora com um talco, que dá o mesmo efeito do pó translúcido, produto que nem todo mundo tem em casa.

Depois entra o processo mais difícil - ou para alguns - o mais fácil: de contorno do rosto. "Com um pincel próprio para a técnica eu dou um sombreamento nas laterais do rosto dela. O que eu noto é que a personagem tem um aspecto de porcelana podre, sabe? A atriz tem um nariz muito fino, marcado, então vamos reproduzir esses traços também no nariz dela, tentando trazer esse efeito".

Na bochecha, Palmira contorna com o preto e com o cinza para trazer o efeito de rosto sugado, bem fino. No truque, esfumaçando bem, o efeito fica completo. Com o delineador e seu próprio aplicador, ela imita as veias da demônia, partindo dos olhos, da boca e de onde mais a criatividade permitir.

Pele é feita com o clown branco. Pele é feita com o clown branco.
Nos olhos, até a sobrancelha, clown preto e depois sombra preta fosca dão aspecto sombrio. Nos olhos, até a sobrancelha, clown preto e depois sombra preta fosca dão aspecto sombrio.
Contorno é mais exagerado que numa make comum Contorno é mais exagerado que numa make comum
Delineador líquido faz as veias do demônio.Delineador líquido faz as veias do demônio.

Com um pincel de pentear sobrancelha ou com uma escova de dente, no último dos casos, ela pega um pouco do clown branco, coloca uma gotinha do óleo, ou o de coco, ou qualquer outro disponível, faz uma mistura e espirra com o auxilio dos dedos, um pouco dessa mistura no rosto. "É um detalhe que dá pra notar quando a gente amplia a foto do rosto da personagem, é isso que dá o aspecto de podridão à make". O mesmo processo é repetido com o clown preto.

Nos lábios, mais clown preto e delineador para finalizar a maquiagem e, voilá, uma freira demoníaca prontíssima para assustar a galera nas festas de dia das bruxas!

Para reproduzir maquiagens semelhantes a essas, Palmira cobra  a partir de R$ 100,00. Ela tem experiência de mais de 4 anos na área, é estudante de Artes Visuais e trabalha com produções sérias que envolvem make artística. Para conferir seus trabalhos acesse o link.

Curta o Lado B no Facebook  e no Instagram.

Flora Lira e Palmira se divertem com o resultado final da maquiagem. (foto: Thaís Pimenta)Flora Lira e Palmira se divertem com o resultado final da maquiagem. (foto: Thaís Pimenta)
A Freira de Palmira Nogueira.  (foto: Thaís Pimenta)"A Freira" de Palmira Nogueira. (foto: Thaís Pimenta)
Freddy Krueger visto de lado. (foto: Thaís Pimenta)Freddy Krueger visto de lado. (foto: Thaís Pimenta)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.