A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

20/08/2017 07:05

Com até 23 anos de espera, amigos dividem altar em casamento quíntuplo

Os noivos são colegas de trabalho e casaram juntos na Paróquia Universitária São João Bosco

Thailla Torres
Casamento deu certo e rendeu um momento emocionante aos casais que também são colegas de trabalho. (Foto: Junner Schimidt)Casamento deu certo e rendeu um momento emocionante aos casais que também são colegas de trabalho. (Foto: Junner Schimidt)

O sonho de cinco casais foi realizado na noite deste sábado (19), quando Paróquia Universitária São João Bosco abriu as portas para o primeiro casamento comunitário da igreja desde a sua inauguração em 2015. A união legítima perante a igreja foi um presente para os funcionários e amigos que trabalham em uma universidade, que por diversos motivos não tiveram a chance de uma cerimônia religiosa. Tem casal que esperou até 23 anos para chegar ao altar.

Com apenas 20 minutos de atraso, quando a música ecoou na igreja, os casais André e Gislaine, Paulo e Emília, Leda e Renaldo, Luciano e Simone e Luana e Ulisses estavam prontos para dividirem um dos momentos mais emocionantes da vida.

Emília e Paulo realizaram sonho após 10 anos de união. (Foto: Junner Schimidt)Emília e Paulo realizaram sonho após 10 anos de união. (Foto: Junner Schimidt)

Especialmente Leda Maria Lacuevo Souza, de 38 anos, que está junto de Rinaldo, de 43, há duas décadas. Dedicados a família, o sonho do casamento tinha ficado distante por conta dos compromissos. "Filhos, trabalho e família, tanta coisa que a gente nunca teve tempo para se dedicar a esse momento", conta Leda.

Quando ela se deu conta que estava de noiva no altar, veio um filme na cabeça. "Veio todas as lembranças de amor e união da nossa família. Fiquei muito emocionada", descreve. 

Juntos há 9 anos, André da Silva Dias e Gislaine Mitsue Umeda realizaram um da família. "A gente nunca teve condições de investir no casamento e acabou adiando esse momento. Quando eu soube desse casamento, não pensamos duas vezes", diz André.

Do período de inscrição até o matrimônio não houve muito tempo para cuidar de todos os detalhes, mas foi justamente a correria que deixou o casamento diferente. Inclusive para Ulisses Barbosa Cunha Neto, de 31 anos e Luana Alves Brandão, de 25, que devido a um acidente não contavam que a filha entraria na igreja com as alianças.

"Antes da cerimônia minha filha quebrou o dedo enquanto estávamos no salão. Foi aquela correria tamanha e preocupação com ela. Achei que ficaria quietinha durante a cerimônia e quando eu a vi entrando fiquei muito emocionada", descreve.

Leda e o marido Rinaldo. (Foto: Junner Schimidt)Leda e o marido Rinaldo. (Foto: Junner Schimidt)

Mas quem também não tirou o sorriso do rosto foi Emilia Cavalheiro Handam Bacha, de 48 anos e Paulo Roberto Bacha, de 58, que há tempos admiram a igreja da universidade. "Desde quando ela inaugurou eu dizia que era meu sonho casar aqui dentro. É uma igreja maravilhosa", descreve Emília.

Juntos há 10 anos, a oportunidade veio na hora certa para selar uma união que começou na sala de bate papo, provando que não existe limites para o amor. "Nos conhecemos na internet e coincidentemente somos de Campo Grande. Estamos juntos e felizes até hoje, mas o casamento era um sonho e só agora nosso momento chegou", diz emocionada.

A frente da celebração, padre João Araújo ressaltou a importância de construir uma família com base no amor. "Para continuar construindo a casa sobre a rocha, a união de cristo com a igreja é a mesma de uma família. A casa construída sobre a rocha é a certeza que daqui há muitos anos vocês continuem firmes e juntos no amor da família", disse.

O casamento dos sonhos já era esperado pelos cinco, mas a ideia de fazer tudo no mesmo dia veio da pastoral da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) que encaminhou um email sobre a oportunidade para todos os funcionários. Quem viu a chance de realizar um sonho ganhou a cerimônia de presente, sem nenhum custo pela igreja. Os casais tiveram apenas que fazer a inscrição e participar de um curso de noivos.

Após a cerimônia, emoção e expectativa para as próximas oportunidades de comemoração. "Desejo de coração que outros casais realizem este sonho. É um momento muito emocionante, impossível descrever", finaliza Simone Martins da Rosa que casou com Luciano José do Nascimento Lima.

Curta o Lado B no Facebook.

Felicidade define o dia 19 de agosto de 2017 para os cinco casais. (Foto: Junner Schimidt)Felicidade define o dia 19 de agosto de 2017 para os cinco casais. (Foto: Junner Schimidt)



imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.