A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

04/04/2017 07:00

Detetive ensina casais a encontrarem pistas de traição no celular

Empresa presta consultoria, não só sobre infidelidade, mas para ajudar pais a garantirem segurança dos filhos

Informe Publicitário
Mesmo sem tocar no celular do outro, é possível saber por onde anda e quais mensagens recebe. (Foto: Alcides Neto)Mesmo sem tocar no celular do outro, é possível saber por onde anda e quais mensagens recebe. (Foto: Alcides Neto)

Em meia hora de consultoria, uma equipe de detetives ensina qualquer pessoa a encontrar no celular do outro as pistas que podem indicar desde riscos aos filhos até infidelidade conjugal. A Agência Comando Detetives criou uma consultoria rápida, principalmente, para pais que querem vigiar adolescentes à distância.

“Percebemos que muitos temem pela segurança dos filhos. Não sabem quem são os amigos, por onde andam ou se trocam mensagem com pessoas que podem ser traficantes ou até pedófilos”, explica um dos profissionais responsáveis pela consultoria, que terá o nome preservado por conta do sigilo que a profissão exige.

Mas ao longo do tempo, alguns também passaram a procurar os serviços por suspeitar de traição. E quando surge a dúvida, o celular é o melhor meio a ser explorado nos dias de hoje.

Serviço serve para qualquer aparelho, desde que cliente tenha o código de desbloqueio. (Foto: Alcides Neto)Serviço serve para qualquer aparelho, desde que cliente tenha o código de desbloqueio. (Foto: Alcides Neto)

A empresa garante que o serviço é lícito, porque só funciona se o cliente tiver o código de desbloqueio do aparelho a ser investigado. “Quando um fornece a senha para o parceiro é a autorização para o outro ter acesso a alguns dados”, justifica o detetive.

Isso serve muito aos pais, mas também entre casais, naqueles casos de demonstração de confiança, em que os dois compartilham as senhas. A esposa, quando obtém o código de desbloqueio do telefone do seu marido, pode ativar uma funcionalidade em poucos segundos, fazendo com que dali para frente não precise mais ter acesso ao telefone dele. A partir deste momento ela passa a receber as provas de infidelidade no seu próprio telefone. Ou, seja, basta um primeiro acesso de não mais de um minuto para que comprometa o marido dali em diante.”, comenta.

Durante a consultoria, não é necessário ter em mãos o telefone que se deseja monitorar. Também não existe acesso remoto. “O que existe é que o cliente poderá chegar em casa, desbloquear o telefone que deseja monitorar e ativar funcionalidades que possibilite monitorar o fluxo de mensagens, áudios, fotos e dados. Não sendo necessário dali em diante acessar o celular da pessoa. Tudo chegará no telefone do cliente”, diz o consultor.

Mesmo que as mensagens de Whatsapp sejam apagadas, por exemplo, os textos serão visualizado à distância, porque tudo chegará ao segundo celular exatamente no momento que forem disparados.

"Todas as informações coletadas, podem virar provas em processos judiciais, mas deverão ser bem trabalhadas pelo advogado, para ficar bastante claro que foram obtidas por meio licito", explica o detetive

O atendimento ao cliente não é cobrado, só a consultoria, caso o cliente tenha interesse.

Equipamentos usados pela Comando Detetives. (Foto: André Bittar)Equipamentos usados pela Comando Detetives. (Foto: André Bittar)

A Agência Comando Detetives é atualmente referência em serviços de investigação. Atende maridos e esposas desconfiados de infidelidade, mas também empresas que precisam desmascarar funcionários mentirosos.

O trabalho de detetive particular envolve equipamentos de monitoramento de última geração, como os drones. Todo material fruto das investigações é digitalizado e criptografado para garantir sigilo.  

O contato para a contratação dos serviços é apenas pessoalmente, no escritório. Para marcar horário, ou agendar a consultoria de celular, o interessado deve ligar para (67) 3352-8570.

O Comando Detetives tem Site e também página no Facebook.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.