ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, DOMINGO  07    CAMPO GRANDE 27º

Comportamento

Ensaio cheio de fofura é o que ficou de Fumaça, melhor amigo por 9 anos

Ensaios e registros de cãozinho que era o melhor amigo da família agora amenizam a saudade – amor em preto e branco; veja as fotos

Por Thailla Torres | 20/02/2021 08:50
Fumaça, pastor alemão, ao lado de Manuela (Foto: Tainá Boiarenco)
Fumaça, pastor alemão, ao lado de Manuela (Foto: Tainá Boiarenco)

Fumaça, o pastor alemão que aparece nessas fotografias, chegou à família da fotógrafa Tainá Boiarenco através de uma amiga que a presenteou. Desde então ela não se desgrudou do cachorro, a ponto de não ter coragem de deixá-lo sozinho em casa. Nos últimos anos, ele protagonizou momentos cheios de fofura ao lado de seus tutores e outros moradores da casa. É claro que tudo foi registrado e último ensaio ficou como uma despedida pelos anos de carinho.

Quando eu saia de casa ele ia comigo no carro, a gente nem gostava de deixá-lo sozinho”, descreve Tainá.

Ela sempre amou cachorros e diz que o Fumaça veio como um presente na vida. “Ele sempre foi muito companheiro, dormia ao meu lado, ficava dentro de casa e nem tinha noção do tamanho dele”.

Quando se casou e engravidou, a fotógrafa diz que ele foi o seu maior companheiro. “Ele sempre dava um cheiro na minha barriga, quando eu tinha enjoos ele ficava deitado na porta do banheiro, era muito companheiro mesmo. E assim que minha filha nasceu, Fumaça se tornou um protetor. Bastava ela chorar que ele já corria para o lado dela e fazia carinhos e companhia”, lembra.

Por isso, a relação com a família sempre foi de muito carinho e afeto, fazendo com que cada diversão de Fumaça virasse registros cheios de fofura. No fim do ano, tradição era tirar foto em família e mandar para os amigos, claro, com Fumaça sempre do lado.

Foram quase 10 anos de companheirismo até que no final do ano passado adoeceu, chegou a ficar dias na UTI veterinária, mas não resistiu e morreu.

Cão sempre ganhou fotos belíssimas de fotógrafa (Foto: Tainá Boiarenco)
Cão sempre ganhou fotos belíssimas de fotógrafa (Foto: Tainá Boiarenco)
Ao lado de Manuela protagonizou momentos de fofura (Foto: Tainá Boiarenco)
Ao lado de Manuela protagonizou momentos de fofura (Foto: Tainá Boiarenco)
As brincadeiras no quintal eram sempre registradas (Foto: Tainá Boiarenco)
As brincadeiras no quintal eram sempre registradas (Foto: Tainá Boiarenco)
E Manuela sempre se sentiu à vontade (Foto: Tainá Boiarenco)
E Manuela sempre se sentiu à vontade (Foto: Tainá Boiarenco)
Hoje, fotografias amenizam a saudade que mora na família (Foto: Tainá Boiarenco)
Hoje, fotografias amenizam a saudade que mora na família (Foto: Tainá Boiarenco)

Sua partida foi sentida por todos da família e ainda é difícil para Tainá falar do cãozinho que sempre foi querido dentro de casa, no entanto, as fotografias que ficaram deixaram o melhor de Fumaça e boas lembranças para os dias de saudade.

“A fotografia é capaz de estreitar laços, resistir ao tempo, contar histórias, diminuir qualquer distância e saudade, confortar o coração. Ainda bem que temos muitas memórias materializadas em fotos do nosso filhote de 4 patas pra recordar todos os momentos maravilhosos que vivemos juntos”, finaliza.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário