ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 31º

Comportamento

No último dia de aula, Isa levou bolo para dividir com coleguinhas na escola

Ela tem dois aninhos, adora ficar no berçário para aprender com as “prô” e descobrir o mundo com os amigos

Por Alana Portela | 03/12/2019 07:38
Toda feliz, a pequena Isabela Santana Faria fez foto ao lado do bolo, presentes e pastéis que pediu para dividir com os amiguinhos da sala (Foto: Arquivo Pessoal)
Toda feliz, a pequena Isabela Santana Faria fez foto ao lado do bolo, presentes e pastéis que pediu para dividir com os amiguinhos da sala (Foto: Arquivo Pessoal)

Para se despedir dos coleguinhas e agradecer às professoras pelos ensinamentos, Isabela Santana Faria levou um bolo recheado com brigadeiro e beijinho para a escola. Ela pediu para a mãe, Tamara Santana, fazer plaquinhas com os nomes de todos os alunos da sala e ainda preparar pastéis para dividir. Foi um ano cheio de aprendizado e diversão que precisava encerrar com “chave de ouro”.

O bolinho foi encomendado pela mãe com todos os detalhes que a pequena pediu. Cobertura de chantilly, jujubas e até bebês na plaquinha de decoração, Isa fez questão de entregar o “presente” na sala. Até as “prôs” Rosemiriam, Edna e Jenniffer tiveram seus nomes colocados no bolo e ainda ganharam lembrancinhas.

O bolo foi recheado, decorado e recebeu plaquinhas com os nomes dos colegas e das professoras (Foto: Arquivo Pessoal)
O bolo foi recheado, decorado e recebeu plaquinhas com os nomes dos colegas e das professoras (Foto: Arquivo Pessoal)
Ela servindo o próprio lanchinho com a ajuda da merendeira da escola (Foto: Arquivo Pessoal)
Ela servindo o próprio lanchinho com a ajuda da merendeira da escola (Foto: Arquivo Pessoal)
Isa já deixa o material da escola pronto para agilizar na hora de sair de casa (Foto: Arquivo Pessoal)
Isa já deixa o material da escola pronto para agilizar na hora de sair de casa (Foto: Arquivo Pessoal)

Isa é tímida, o Lado B bem que tentou, mas a vergonha não deixou a pequena falar com a reportagem.

Aos dois aninhos, ela é esperta, curiosa e gosta de fazer novos amigos. Isa mora com os pais em Anastácio, 135 quilômetros de Campo Grande e teve que entrar no berçário para a mamãe poder trabalhar.

Tamara é auxiliar administrativa, tem 28 anos e fala sobre a filhota. Comenta que sempre sonhou em ser mãe e quando completou seis anos de casada, descobriu a gravidez. Com a baby a bordo, a felicidade não cabia no peito e foi difícil aguentar os nove meses de ansiedade até conseguir pegar a filha no colo.

Após o nascimento, Tamara deixou o emprego para se dedicar à filhota. É a primeira infância, aquela fase gostosa de descobertas tanto para a pequena quanto para a mãe de primeira viagem. O momento passa rápido, a bebê cresceu da noite para o dia e meses depois de Isa completar um aninho, a mãe precisou trabalhar e a colocou no berçário. “Foi bem difícil para nós duas, eu chorava junto”, recorda.

Após muito choro, Isa se adaptou e não quis mais faltar um dia de aula. Agora, a melhor parte do dia é quando acorda para tomar o banho e pôr o uniforme. A mochilinha com os materiais escolares fica pronta no dia anterior, só para facilitar na hora de sair de casa. Quando chega no berçário, é hora de dar um beijo de despedida na mãe e correr para a sala e ver os amiguinhos.

A pequena mora perto da escola e estuda das 7h às 17h. “Lá tem horário pra tudo, chega já toma o primeiro leite, depois vem o café da manhã. Mais tarde acontece as brincadeiras, o banho, almoço, a hora do sono. Acordam a tarde e comem fruta, brincam, lancham, tomam banho novamente e jantam”, conta a mãe sobre a rotina da filha.

Na escola ela e os coleguinhas sentam à mesa para lanchar e as "prôs" acompanham os aluninhos (Foto: Arquivo Pessoal)
Na escola ela e os coleguinhas sentam à mesa para lanchar e as "prôs" acompanham os aluninhos (Foto: Arquivo Pessoal)
Isa toda estilosa com a mamãe Tamara Santana e com o papai (Foto: Arquivo Pessoal)
Isa toda estilosa com a mamãe Tamara Santana e com o papai (Foto: Arquivo Pessoal)

A vida de Isa é corrida, ela consegue gastar toda energia brincando com os coleguinhas e com sua “best friend”, Camili. “Tem 14 alunos na sala dela, e ela sabe falar o nome de todos, do jeitinho dela, mas fala. Aprendeu muito desde que entrou no local, aprendeu a falar mais, a dividir as coisas, a não brigar”, comenta Tamara.

Mesmo com pouca idade, Isa é super esperta e “adotou” uma filha, que cuida todos os dias. “É uma boneca moreninha do cabelo cacheado. Não larga mais e até dá mama. Tem um amor pelo brinquedo, que sente ciúmes se alguém pegar”, relata a mãe.

Os dias são mais animados quando está na escola, tanto que até quando não tem aula, Isa sente falta. “Quando ela entra no carro e percebe que o caminho não é a escola ela comenta da aula”.

Neste ano, foram cerca de 10 meses de muita dedicação, diversão e aprendizado. Isa aprendeu a falar as cores, sabe identificar o preto, vermelho, branco, amarelo e muitos outros tons. O bolinho na sala foi um “até logo”, para que os coleguinhas não a esqueçam e também deixar claro que no ano que vem, tem mais brincadeiras.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.

Isa sentada no sofá ao lado do bolo, pastéis e dos presentes (Foto: Arquivo pessoal)
Isa sentada no sofá ao lado do bolo, pastéis e dos presentes (Foto: Arquivo pessoal)
Nos siga no Google Notícias