A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 26 de Maio de 2019

17/11/2018 08:16

ONG discute "sonhos" com a garotada, levando atividades radicais às escolas

Projeto tem 12 anos e crianças atendidas no início agora voltam para contar como a vida melhorou.

Thaís Pimenta
Escalar nas cordas, mas sempre com segurança, essa e a proposta do projeto. (Foto: Acervo Pessoal)Escalar nas cordas, mas sempre com segurança, essa e a proposta do projeto. (Foto: Acervo Pessoal)

Trabalho voluntário quer discutir o futuro das crianças e seus sonhos levando um dia de diversão com esportes de aventura às escolas públicas. Há 12 anos a Impacto Aventuras promove uma troca com crianças e jovens usando brincadeiras como tirolesa e parede de escalada.

Fernando Campos está no projeto desde o princípio e explica que o projeto se adapta a cada problema específico do lugar onde chega. "No dia em que nós vamos à escola não tem aula. Em metade do dia, levamos dança e apresentações teatrais sempre com o tema que o colégio quer abordar. Por exemplo, em determinada escola o problema é o suicídio, então elaboramos algo pautados nessa problemática. Já no restante do dia eles se divertem brincando nos equipamentos montados".

Parede de escalada faz parte das brincadeiras do Impacto Aventuras.   (Foto: Acervo Pessoal)Parede de escalada faz parte das brincadeiras do Impacto Aventuras. (Foto: Acervo Pessoal)

Com sede no Guanandi, o grupo atendeu muitas crianças desde 2006. Hoje, elas cresceram e ajudam a manter o Impacto Aventuras. São essas pessoas inclusive que servem como exemplo nos bate-papos nas escolas.

"Um dos maiores desafios nossos é o fato de que as pessoas que se deram bem abandonam a periferia, não voltam pra dizer que deram certo. Essas pessoas são exemplos vivos e uma oportunidade de que as crianças vejam que é possível. É importante contar como foi passar em um concurso público, por exemplo, falar dos medos e de tudo que foi preciso vivenciar pra chegar até o lugar onde está hoje", pontua.

Cama elástica também é desculpa para brincar mais um pouco. (Foto: Acervo Pessoal)Cama elástica também é desculpa para brincar mais um pouco. (Foto: Acervo Pessoal)
Futebol de sabão está entre as aventuras. (Foto: Acervo Pessoal)Futebol de sabão está entre as aventuras. (Foto: Acervo Pessoal)

Fazer com que a juventude se entenda como parte do meio ambiente, integrada a ele, é também a intenção do grupo, hoje formado por 35 voluntários. "Tem gente que não conhece o Inferninho, um lugar maravilhoso dentro da cidade, mas parte do que mais nos deixa preocupados é quem quem conhece, ao invés de preservar deteriora esse local. Por isso precismos trabalhar a conscientização e ensinar que é possível ir a um lugar e o deixar melhor do que quando o encontrou, que isso pertence a nós"

E trabalhar essas mensagens se torna muito mais divertido com as ferramentas radicais do grupo. Com tirolesa, parede de escolada, as vezes futebol de sabão e escalada de cordas, a Impacto Aventuras vai tocando a vida das famílias.

A próxima a ser atendida é a Escola Estadual Maria Constança de Barros Machado no dia 30 de novembro. Até o final de 2018, eles completam o ciclo de 12 entidades atendidas neste ano.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.