A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

25/06/2018 08:35

Para cumprir promessa de Maria, neto torna festa junina uma tradição de família

Netos, filhos e amigos se unem para festejar, conversar e comer pratos feitos no fogão a lenha.

Willian Leite
Dona Maria e os netos que mantém a tradição de fazer a festa todo ano. (Foto: Willian Leite)Dona Maria e os netos que mantém a tradição de fazer a festa todo ano. (Foto: Willian Leite)

Família reunida, muita comida e amigos. O ambiente da festa junina realizada há onze anos é garantido pelo casal Karoline Fogaça e Mario Márcio Ignácio Cavanha. Casados há 14 anos, eles organizam a comemoração que acontece no Bairro Mata do Jacinto em Campo Grande.

Dona Maria Ignácio é a matriarca da família. Aos 83 anos, ela conta que uma promessa deu origem à comemoração que reúne filhos, netos e bisnetos, mas sem detalhar qual o pedido feito ao santo. “É ótimo, estou muito feliz e orgulhosa, independente da minha idade faço questão de ficar até o final”, declara.

Comida feita no fogão a lenha é o diferencial da festança, doces da época também fazer parte do cardápio. As crianças se esbaldam na pescaria e até os mais novos vão vestidos a caráter, “É muito amor e carinho envolvidos, curtimos muito, tudo pra nós se resume em festa e hoje não é diferente, cada festa é uma expectativa”, afirma Celeide Ignácio de Souza, uma das filha de dona Maria.

A decoração deste ano foi temática por ter coincidido com ano de Copa do Mundo e o verde/amarelo tomou conta da casa onde acontece a festa. “Gostoso mesmo é reunir amigos e família, todos participamos e cada um trás um prato diferente, nossos amigos e convidados contribuem e nosso prazer e receber eles bem”, diz Fátima Celeste, de 63 anos.

Um dos netos mais velhos, Rodolpho Jominne Ignácio, define em uma frase o que a festa junina significa para ele que não era nem casado quando tudo começou. “A família é a base de tudo”.

Crianças a caráter fazem a festa e aproveitam para pousar para foto. (Foto: Willian Leite)Crianças a caráter fazem a festa e aproveitam para pousar para foto. (Foto: Willian Leite)
Cada um traz um tipo de prato e a mesa fica farta. (Foto: Willian Leite)Cada um traz um tipo de prato e a mesa fica farta. (Foto: Willian Leite)
Doces e guloseimas típicos da época são decoração a parte da mesa preparado para os convidados. (Foto: Willian Leite) Doces e guloseimas típicos da época são decoração a parte da mesa preparado para os convidados. (Foto: Willian Leite)

Os amigos que batem ponto elogiam e deixam até compromissos de lado para comparecer à festa. É o caso de Max de Oliveira e Theura Leal que se programam todos os anos para não perder a festança.

“Meus filhos nem eram nascidos e nós já vínhamos, Vinícius e Rafael hoje tem 2 e 7 meses. Hoje, por exemplo, era festinha do nosso filho na escolinha, passamos lá e ficamos 10 minutos e corremos pra cá”. 

Além dos amigos, parentes de São Paulo vem a Campo Grande só para participar da festa junina da família Ignácio. “Meus primos se programam todo ano para vir e no final também voltam para passarmos juntos o Natal”, finaliza sobre a união da família.

Curta o Lado B no Facebook e Instagra.

Caldos, arroz carreteiro são pratos servido na festa. (Foto: Willian Leite)Caldos, arroz carreteiro são pratos servido na festa. (Foto: Willian Leite)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.